Recife (PE), Brasil

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Saúde: Como reconhecer um AVC

Recebi esta mensagem de Paulo Lacerda. O alerta é bastante oportuno, pois recentemente a atriz Natasha Richardson, mulher do ator Liam Neeson, morreu depois de levar um tombo aparentemente sem maiores consequências em uma estação de esqui do Canadá. Levantou-se sem precisar de ajuda e foi para o hotel. Horas depois estava morta em consequência da pancada na cabeça, provavelmente vítima de um acidente vascular cerebral.


Se todos podem lembrar algo tão simples como o que será descrito abaixo, poderemos ajudar a salvar algumas pessoas.

Durante um piquenique, uma amiga chamada Ingrid tropeçou e teve uma pequena queda - ela assegurou a todos que estava bem (eles ofereceram-se para chamar uma ambulância)... Ela disse que apenas tinha tropeçado por causa dos sapatos novos.

Os amigos limparam-na e arranjaram-lhe um novo prato de comida. Enquanto ela parecia um pouco abalada, Ingrid continuou a divertir-se o resto da tarde.

O marido da Ingrid chamou mais tarde para dizer a todos que a sua mulher estava no hospital (as 6:00h da manhã a Ingrid faleceu). Ela tinha sofrido um AVC (Stroke) durante o piquenique.

Se eles tivessem sabido identificar os sinais do AVC, talvez a Ingrid ainda estivesse viva. Algumas pessoas não morrem... ficam incapacitadas e com graves sequelas.
Os neurologistas dizem que se conseguirem chegar até uma vitima de AVC dentro de 3 horas, ele pode reverter totalmente os efeitos do AVC... totalmente .
Ele diz que o truque está em reconhecer os sinais de AVC, diagnosticar, e obter assistência médica no prazo de 3 horas, o que não é fácil.
As vezes os sintomas do AVC são difíceis de identificar. A vitima pode sofrer danos mentais muito graves quando as pessoas mais próximas falham em reconhecer os sintomas básicos de um AVC.

Vejam como é fácil identificar um AVC: Lembre-se das 3 letras de STROKE: S, T e R.

S * Peça à pessoa para sorrir (Smile)
T * Peça para ela dizer (Talk) uma frase simples e coerente (ex: Está um dia lindo!!!)
R * Peça para que levante (Raise) os dois braços.

Se a pessoa apresentar problemas para fazer alguma destas três coisas chame o 112 imediatamente e descreva os sintomas a quem atender.

Outro sinal de um AVC -------- Colocar a língua de fora
à Peça à pessoa para por a língua de fora... Se a língua estiver torta ou for para um lado ou para outro, isso é indicação de AVC.



Fonte: http://www.sopadecerebro.com/2009/03/como-reconhecer-um-avc-utilidade.html

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES EXTRAÍDAS DO SITE SENTIR BEM – UOL:

A pessoa que está tendo um derrame pode apresentar os seguintes sinais:

Diminuição ou perda súbita da força na face, braço ou perna de um lado do corpo;

Alteração súbita da sensibilidade com sensação de formigamento na face, braço ou pernam de um lado do corpo;

Perda súbita de visão num olho ou nos dois olhos;

Alteração aguda da fala, incluindo dificuldade para articular e expressar ou para compreender a linguagem;

Dor de cabeça súbita e intensa sem causa aparente;

Instabilidade, vertigem súbita intensa e desequilibro associado a náuseas ou vômitos.

Veja mais sobre o assunto na coluna de Cardiologia e Saúde com o Dr. Ricardo Tavares de Carvalho

Humor: Lado a lado (Luís Fernando Veríssimo)

Fico só imaginando a cara de certos intelectuais poliglotas, e outros nem tanto - que se achavam a própria Rainha da Inglaterra - quando estas notícias saem na grande mídia, que não consegue mais esconder o óbvio uLulante:

O Globo, 05/04/2009

Lado a lado

Luis Fernando Verissimo

Encosto ou não encosto? Só o joelho. O que pode acontecer? Ela dizer “Mr. Lula, please!” Aí eu recolho o joelho, peço desculpas, “aimsórri, aimsórri” e pronto. Se eu soubesse falar inglês, explicaria. Sabe o que é, Elizabeth? Eu estava aqui pensando: quando é que, lá em Pernambuco, eu ia imaginar que um dia estaria sentado ao lado da rainha da Inglaterra? Não sei quem é que me botou aqui para tirar esta fotografia do G-20.

Não acho que tenha sido um pedido seu, “Quero o bonitinho de barba à minha esquerda”. Claro que não. Mas o fato é que estou aqui e o Barack está aí atrás em algum lugar, de pé e se perguntado o que eu tenho que ele não tem. O Sarkozy não deve nem estar aparecendo. Ficou atrás da Merkel e não vai sair na foto. E eu aqui ao seu lado, na primeira fila. Isto significa muito, viu Elizabeth? Lá na minha terra vai ter gente se mordendo de raiva.

Onde já se viu, aquele retirante nordestino que nem fala direito sentado à esquerda da rainha da Inglaterra? Quando eu me elegi muita gente ficou horrorizada: como é que vai ser quando ele, um torneiro mecânico, tiver que nos representar num jantar oferecido, por exemplo, pela coroa inglesa? Vai ser servido na cozinha, para não dar vexame na escolha dos talheres.

E aqui estou eu, sentado ao lado – com todo o respeito – da coroa inglesa em pessoa. Se foi o protocolo que me botou aqui, ele acertou, viu Beth? Você, queira ou não, não é só a rainha dos ingleses, é, simbolicamente, a rainha de todos os loiros de olhos azuis do mundo, incluindo o Barack. De todos os bandidos que causaram esta crise e hoje nos infernizam a vida.

E, de certo modo, eu sou o seu oposto. Sou uma espécie de rei republicano dos não-loiros do mundo – ou pelo menos deve ter sido essa a ideia do protocolo aos nos botar lado a lado. Todos os outros chefes de Estado desta fotografia seriam dispensáveis. A foto poderia ser só de nós dois e estariam todos representados.

E isto significa outra coisa também, viu Beth? Eu não me contentei em ter nascido na miséria, no Nordeste, e quis mais. Não me contentei em ser um torneiro mecânico em São Paulo e quis mais. Não me contentei em ser um líder sindical e quis mais. Não me contentei em perder eleição atrás de eleição, insisti e acabei presidente.

Agora estou aqui, lado a lado com a rainha da Inglaterra, num dos pontos mais altos da minha carreira, e também quero mais. Por isso minha perna se moveu e meu joelho encostou no seu. De certa forma, o movimento da minha perna foi o passo final da caminhada que começou em Pernambuco, tantos anos atrás. Já que, ao contrário de você, Beth, não posso ficar no poder para sempre.

Espiritualidade - Dom Helder se comunica

O texto abaixo é um trecho de uma mensagem enviada por João Bosco Dela Bianca, que fala do livro "Novas Utopias", do espírito de Dom Helder Camara, psicografado pelo medium Carlos Pereira.

Pesquisando sobre o assunto, verifiquei que o texto foi publicado no blog Jornal Espírita (www.jornalespirita.blogspot.com).

Mas o mais curioso foi descobrir que o livro também foi divulgado pelo site da Igreja Batista Renascer - IRB (http://ibrpe.wordpress.com/2007/10/22/livro-divulga-artigos-psicografados-de-dom-helder-camara/).

Será este livro o elo que falta para começar a derrubar as barreiras entre as religiões, erguidas por puro preconceito e ignorância?
-----------------------------------

Recentemente foi lançado no mercado cultural um livro mediúnico trazendo as reflexões de um padre depois da morte, atribuído, justamente, ao Espírito Dom Hélder Câmara, bispo católico, arcebispo emérito de Olinda e Recife, desencarnado no dia 28 de agosto de 1999 em Recife, Pernambuco.
É do conhecimento geral, principalmente dos católicos brasileiros: Dom Elder Câmara foi um dos fundadores da CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e grande defensor dos direitos humanos durante o regime militar brasileiro, cuja luta, nesse processo político da nossa história, o notabilizou no mundo todo, como uma das figuras mais expressivas do século XX, na defesa dos fracos contra a tirania dos fortes e dos pobres contra a usura dos ricos. Pregava uma igreja simples voltada para os pobres e a não-violência. Por sua atuação, recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais. Foi indicado quatro vezes para o prêmio Nobel da Paz.

Em 1969 - Doutor Honoris Causa, pela Universidade de Saint Louis, Estados Unidos. Este mesmo título foi-lhe conferido por diversas universidades brasileiras e estrangeiras: Bélgica, Suíça, Alemanha, Holanda, Itália, Canadá e Estados Unidos. Foi intitulado cidadão honorário de 28 cidades brasileiras e da cidade de São Nicolau, na Suiça e Rocamadour, na França. Recebeu o prêmio Martin Luther King, nos EUA e o prêmio Popular da Paz, na Noruega e diversos outros prêmios internacionais.

Por isso, o livro psicografado pelo médium Carlos Pereira, da Sociedade Espírita Ermance Dufaux, de Belo Horizonte, causou muita surpresa no meio espírita e grande polêmica entre os católicos. O que causou mais espanto entre todos foi a participação de Marcelo Barros, monge beneditino e teólogo, que durante nove anos foi secretário de Dom Hélder Câmara, para a relação ecumênica com as igrejas cristãs e as outras religiões. Marcelo Barros secretariou Dom Hélder Câmara no período de 1966 a 1975 e tem 30 livros publicados.

Ao prefaciar o livro Novas Utopias, do Espírito Dom Hélder, reconhecendo a autenticidade do comunicante, pela originalidade de suas idéias e, também, pela linguagem, é como se a Igreja Católica viesse a público reconhecer o erro no qual incorreu muitas vezes, ao negar a veracidade do fenômeno da comunicação entre vivos e mortos, e desse ao livro de Carlos Pereira, toda a fé necessária como o Imprimátur do Vaticano. É importante destacar, ainda, que os direitos autorais do livro foram divididos em partes iguais, na doação feita pelo médium, à Sociedade Espírita Ermance Dufaux e ao Instituto Dom Hélder Câmara, de Recife, o que, aliás, foi aceito pela instituição católica, sem nenhum constrangimento.

No prefácio do livro aparece também o aval do filósofo e teólogo Inácio Strieder e a opinião favorável da historiadora e pesquisadora Jordana Gonçalves Leão, ambos ligados a Igreja Católica. Conforme eles mesmos disseram, essa obra talvez não seja uma produção direcionada aos espíritas, que já convivem com o fenômeno da comunicação, desde a codificação do Espiritismo; mas, para uma grandiosa parcela da população dentro da militância católica, que é chamada a conhecer a verdade espiritual, porque "os tempos são chegados"; estes ensinamentos pertencem à natureza e, conseqüentemente, a todos os filhos de Deus. A verdade espiritual não é propriedade dos espíritas ou de outros que professam estes ensinamentos e, talvez, porque, tenha chegado o momento da Igreja Católica admitir, publicamente, a existência espiritual, a vida depois da morte e a comunicação entre os dois mundos.

Na entrevista com Dom Hélder Câmara, realizada pelos editores, o Espírito comunicante respondeu as seguintes perguntas sobre a vida espiritual (veja a entrevista em www.jornalespirita.blogspot.com).

Alerta: nova modalidade do falso sequestro

Recebi o e-mail abaixo e, como sempre, procurei pesquisar a autenticidade do conteúdo. Não encontrei a origem do texto, mas encontrei uma reportagem da Band News que confirma o relatado.

Vejam em: http://band.com.br/conteudo.asp?ID=135504.

Portanto, todo cuidado é pouco.

Avisem seus amigos e familiares sobre este novo golpe:

Muito cuidado!

Dentro dos shoppings tem pessoas próximas às entradas dos cinemas fazendo uma suposta pesquisa com os jovens (algo "interessante", como cinema, TV, um novo filme a ser lançado... para atraí-los). Pegam então o nome, telefone fixo e residencial, endereço e algumas caracteristas como as roupas, cor do cabelo do seu filho...

Depois que eles entram no cinema, os bandidos esperam alguns minutos, ligam para a pessoa que foi "entrevistada" para ver se o telefone esta desligado, e se estiver, os bandidos ligam para a casa da pessoa.

O bandido diz o nome completo do seu filho (o que já assusta), as características, cabelo, estatura, roupas (pânico) e diz ainda “Ligue para seu filho, se acha que estou mentindo... O nº dele é 9XXX - XXXX? Está desligado..."(pronto, se ele sabe até o nº do seu filho, só pode ser verdade).... E como um filme dura em média 2 horas , demoraria muito para você poder ligar e ser atendido”... Ai os caras fazem a festa...

Instruam seus filhos a não responderem nenhuma entrevista ou pesquisa nas ruas e forneçam informações curriculares apenas diretamente para empresas. Nunca para sites de empregos". Tome cuidado...

Saúde: Ciclamato é proibido nos EUA

Esta semana recebi uma mensagem que alertava que a Coca Zero teria sido proibida nos Estados Unidos.

Fui pesquisar e verifiquei que a história não é bem essa. O fato é que o adoçante Ciclamato de Sódio é uma substância proibida nos EUA por ser considerado inadequado para o consumo humano.

Lista de aditivos e alimentos considerados seguros para a saúde humana (Generally Recognized as Safe - GRAS): http://www.cfsan.fda.gov/~dms/opa-appa.html

Lista de todos os aditivos de alimentos nos Estados Unidos (Everything Added to Food in the UnitedStates - EAFUS): http://www.cfsan.fda.gov/~dms/eafus.html

Lá os adoçantes permitidos são: Aspartame, Sacarina, Acesulfame-K (potássio), Neotame e Sucralose: http://www.fda.gov/fdac/features/2006/406_sweeteners.html

Devido à proibição, a Coca Zero vendida nos EUA não contém ciclamato, mas contém o o aditivo no Brasil e nos demais países onde não é proibido.

A Coca Cola LIGHT possui: Acesulfame K (16mg%) e Aspartame (24mg%), num total de 40mg/100ml de bebida, de edulcorantes.

Já a Coca Cola ZERO tem em sua formulação Ciclamato de Sódio (27mg%), Acesulfame K (15mg%) e Aspartame (12 mg%), tornando-a mais doce que a outra - um total 54mg/100ml de bebida).

Há uma interessante matéria da Tribuna da Bahia, publicada no site ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública, que fala sobre as características dos adoçantes e informa que o ciclamato foi proibido nos anos 70 praticamente no mundo inteiro, mas depois foi liberado no Brasil e em mais de 50 países, por falta de conclusões científicas. Os EUA preferiram manter a proibição. Vejam na íntegra em: http://www.ensp.fiocruz.br/portal-ensp/noticia/index.php?id=13478.

A Coca Cola, evidentemente, nega qualquer risco com o consumo de coca zero ou ciclamato. Veja em: http://www.cocacolabrasil.com.br/boatos_mitos.asp?categoria=1

Pelo sim, pelo não, melhor evitar ciclamato e coca cola, que mesmo sem ciclamato é uma verdadeira caixa preta. Lembro de um debate que houve no congresso há algum tempo, onde a comissão de saúde queria que a Coca Cola informasse o que significava o componente "extrato vegetal" da fórmula, mas a Coca recusou-se a informar, alegando segredo do negócio. Suspeita-se que possa ser alguma planta com propriedades que causem dependência. Parece que ficou por isto mesmo, pois nunca mais ouvi falar no assunto.

Dica de Site: Música - BeatlesTube

Este sensacional site disponibiliza os vídeos de todas as músicas dos Beatles, além da letra e da história de cada canção.

Imperdível, especialmente para os beatlemaníacos como eu.

http://www.beatlestube.net/

"A magical tour with no mistery"

Polícia: Protógenes, o tocador de atabaques

OBS. DE EDILSON: Não é à toa que esta semana afastarem Protógenes de suas atividades, alegando participação em comício político. Todo mundo é bom até que comece a incomodar. Vale também pela poesia.

Fonte: Terra Magazine - Sábado, 11 de abril de 2009

Vitor Hugo Soares - De Salvador (BA)

Sei que alguns vão dizer, em tom de reprimenda, que este não é espaço, tempo nem hora para poesias. Ainda assim, peço licença para começar com pedaços de "O Tocador de Atabaques", do poeta fluminense Eduardo Alves da Costa, declamado quarta-feira (8), pelo delegado Protógenes Queiroz, antes de iniciar o seu depoimento na chamada CPI dos Grampos, "cujo objeto jurídico é investigar interceptações telefônicas clandestinas", como o depoente lembrou mais de 70 vezes, nas seis horas de interrogatório - boa parte transmitida ao vivo pelos canais privados Globo News e Band News, e, no final, pela TV Câmara.

Não registro a referência ao poeta de "No caminho, com Maiakóvski" (tão recitado nas universidades e manifestações de resistência pelos jovens nos anos 70), por ser adepto de batuques e percussão pesada. Faço-o por convencimento de que nos versos escolhidos estão as chaves essenciais para entender a estratégia do depoente, assim como a dos promotores da representação na ressuscitada comissão de investigação do Congresso. Se o banqueiro do Grupo Opportunity, Daniel Dantas, for de fato ouvido semana que vem, como anunciado, quem sabe a CPI conseguirá um enterro mais digno?

Cito Eduardo da Costa também por justiça a um dos melhores e mais relegados poetas do País, nascido em Niterói, cidade onde o condutor da Operação Satiagraha - o baiano de Salvador que além de Nossa Senhora de Fátima parece adorar poesia e percussão-, se criou. O poema é mais longo, épico e contundente, mas creio que os versos a seguir são suficientes para bom entendedor.

Declamou o delegado Protógenes:

"Querem meu verso de nariz para o ar, / equilibrando a esfera, / enquanto alguém bate com a varinha/ para me por no compasso. / Pedem-me que não seja violento/ e me mantenha equilibrado entre a forma e o fundo, / porque a plateia não deve sofrer emoções fortes... Mas eu, nascido num tempo de sussurros, / tenho a voz contundente / e por mais que me esforce / não sirvo para cantar no coro "...
..."Sei apenas tocar atabaques. /Assim, me perdoem os amantes e os arquitetos dos labirintos. / Que as senhoras se protejam com o xale / e os corações delicados se encostem na parede para fugir às correntes de ar/ Bato no atabaque / até estourar os tímpanos fracos/ e chamo num grito de gozo as almas bravas/ para dançarmos juntos, mordidos pelas mentiras do mundo/ com os nervos envenenados/ e a jugular aos pinotes"...

O condutor da Operação Satiagraha delimitou aí os campos em que se travaria a seguir o embate da Quarta-Feira Santa. Ah, o depoente não deixou passar em branco o registro emblemático da Paixão e da Páscoa logo de saída. Frisou exemplos de perseguições bíblicas, tentativas de transformar em criminoso e réu, quem tenta mostrar caminhos, ou apuram descaminhos no campo do interesse público - e denunciam a falta de ética e a corrupção das empresas, da política, dos governos. "Hoje o povo enxerga tudo, não existem mais burros no Brasil, como muitos ainda imaginam", avisou Protógenes.

E a mensagem deve ter tido o sabor de maná para o paladar de cristãos de todos os rincões alcançados pela imagem da TV naquele momento, mas, em especial, deve ter soado como sinfonia pastoral aos ouvidos de grupos e figuras de prestígio da Igreja Católica - o arcebispo de São Paulo, D. Odílio Scherer, por exemplo - que formam a primeira linha de frente da defesa de Protógenes.

Em seis horas do interrogatório da CPI, Protógenes seguiu à risca os versos do poeta fluminense. Não permitiu, em nenhum momento, que - a começar pelo nada isento presidente da comissão, deputado Marcelo Itagiba, e seu sempre oscilante braço direito, o baiano Nelson Perllegrino (relator), que batiam mais insistentemente com a varinha dos amestradores -, o fizessem equilibrar a bolinha com o nariz levantado, como os bem treinados animais de circo.

Não cedeu nem às irônicas e, em geral egocêntricas, provocações do deputado Raul Jungmann (PPS-PE) - escolada raposa política mal disfarçada pela rala penugem de tucano -, que cobrava com insistência que o depoente desse os "nomes aos bois e às manadas, como prometido". Mas não se diga, por injusto, que o delegado não deu informações relevantes na última quarta-feira. A começar por uma das mais quentes pautas jornalísticas do dia, quando comunicou que, enquanto ele dava o seu depoimento em Brasília, colegas seus da PF o avisavam de que no Rio de Janeiro ocorria uma batida nas empresas do banqueiro Daniel Dantas, em cumprimento a mandado de busca e apreensão, "para obter os livros fiscais de registro obrigatório da contabilidade do Grupo Opportunity".

Ofereceu também preciosos detalhes do "Projeto Guarda-Chuva", elaborado em 1992, com a participação e a assinatura, segundo Protógenes, do hoje ministro Especial para Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, na época advogado de Dantas. O acordo previa a utilização do dinheiro dos fundos de pensão no programa do governo brasileiro de privatizações, principalmente em negócios relacionados com recursos nacionais. Entre estes, a Transposição das águas do Rio São Francisco. Como se vê, fatos e nomes não faltam para quem deseja, de fato, buscar a verdade. E, plagiando a propaganda de uma prefeitura da Bahia: "Quarta-Feira que vem tem mais". Boa Páscoa!

Vitor Hugo Soares é jornalista, editor do site-blog Bahia em Pauta (http://bahiaempauta.com.br/).

Política: Lula defende o servidor Público: "Cara não é a máquina, é a ineficiência"

Fonte: CORREIO BRAZILIENSE - Terça-feira, 14 de abril de 2009

"Cara no Brasil não é a máquina, é a ineficiência", diz Lula

O Palácio do Planalto acaba de disponibilizar o discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a cerimônia de comemoração do aniversário de 110 anos da Klabin, em Telêmaco Borba, no Paraná, nesta terça-feira.

Não sei se o petista soube das declarações de Serra ou se leu o artigo de Steinbruch - ambos amplamente desfavoráveis ao servidor e à política federal de reajustes aos servidores -, mas a verdade é que poucas vezes Lula esteve com a língua tão afiada em favor do funcionalismo.

"Ao contrário do que muita gente fala, a minha surpresa é que a máquina pública brasileira, do ponto de vista da formação e da qualificação, é uma máquina pública extraordinária. O que tem de gente qualificada... Se você for ao BNDES, na Caixa Econômica, no Banco do Brasil, no Itamaraty, nas Forças Armadas brasileiras, no Banco Central, no Inpe, no Inpa, se você for a essas instituições, no Ministério do Planejamento, na Previdência Social, tem técnicos da mais alta qualificação", disse.

"Mas eles ganham pouco. Ao contrário de serem chamados de “marajás”, de se vender a idéia de que todo mundo ganhava muito, que de vez em quando alguém comete no Brasil, de achar que a máquina pública ganha muito dinheiro, você tem técnico...", continuou.

"Eu vou dar um exemplo: um cidadão que ganhava R$ 26 mil por mês, na Petrobras, que eu aprendi a achar que ele era “marajá”, ele foi contratado recentemente por uma empresa privada para ganhar R$ 400 mil por mês, com dois anos de salário adiantado. E eu achava que ele ganhava muito, ganhando R$ 26 mil na Petrobras", reforçou.

E o presidente foi além:
"Quanto é que ganha um diretor do Banco Central, para lidar com bilhões? Quanto é que ganha o pessoal do Planejamento? Quanto é que ganha um jornalista que trabalha no Planalto? O máximo, quando é DAS-6, chega a R$ 10 mil, o bruto. Qualquer jornal de estado pequeno paga quase a mesma coisa para o seu principal jornalista. E se vendeu a idéia de que a máquina é uma máquina muito cara. O que é cara no Brasil não é a máquina, é a ineficiência", concluiu.

Consumidor: Anatel proíbe cobrança de ponto extra

Fonte: Revista Algo Mais
(http://www.revistaalgomais.com.br/noticias/noticiaClicada.php?not=2408)

Noticia postada em 16.04.2009 às 21h38

Anatel proíbe cobrança de ponto extra na TV paga
Por: Gerusa Marques (Agência Estado)

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta quinta-feira (16), por três votos a dois, o fim da cobrança pelo ponto extra da TV por assinatura. Pela decisão, contudo, as operadoras poderão cobrar pela instalação do ponto adicional e por reparos. O presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, explicou, em entrevista coletiva à imprensa, que essa cobrança de reparos será feita por eventos. As cobranças da taxa de instalação e de reparos poderão ser divididas em mensalidades, dependendo de acerto entre o cliente e a operadora.

Sardenberg disse que isso dependerá da criatividade das empresas. Ao ser questionado se ele não teme que essa criatividade se transforme numa mensalidade pelo ponto extra, Sardenberg disse que não. "Não nesses termos. A cobrança não é automática. É preciso que haja eventos", disse.

O presidente da Anatel disse que a TV por assinatura é um serviço prestado por regime privado e que, portanto, a Anatel não fixa preços. Mas, em casos de abusos, garantiu que a Anatel interferirá.

Segundo Sardenberg, a decisão vale também para os atuais contratos. Ou seja, quem hoje paga pelo ponto extra ficará livre da cobrança.

Dica de site: Ministério da Justiça - Cidadania

Este site disponiliza importantes informações para os cidadãos:

- Cadastro de cartórios: você pesquisa todos os cartórios do Brasil por especialidade. Também pode ver quais as atribuições de cada tipo de cartório (clique no "+" ao lado do item "cadastro de cartórios"):

- Classificação indicativa: você pode ver qual a classificação indicativa para cada filme, além de outras informações sobre o filme;

- Anistia política: informações diversas sobre anistia, inclusive requerimentos e andamento de processos;

- informações sobre organizações nacionais e estrangeiras de interesse público; etc.

Confira em: http://www.mj.gov.br/data/Pages/MJ315FFD2FPTBRIE.htm.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Vídeo - Humor: Miss Burra

Este vídeo não é novo, mas é muito engraçado.
Mostra a dificuldade da Miss Carolina do Norte para responder a uma pergunta sobre "porque muitos americanos não são capazes de localizar os Estados Unidos em um mapa".
Hilário!

Internacional: Obama diz que Lula é o político mais popular da terra

Obama diz que Lula é "o político mais popular da Terra"

Fonte: UOL
Da Redação Em São Paulo

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira que seu colega brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, é "o político mais popular da Terra" (assista ao vídeo).

A afirmação foi feita no momento em que o americano, o brasileiro e o primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, trocavam cumprimentos, pouco antes do início da reunião do G20 (grupo das potências econômicas do mundo e dos principais países emergentes).

Os três chefes de governo conversavam informalmente antes de se iniciarem as atividades oficiais. Enquanto Lula e Rudd trocavam aperto de mãos, Obama brincou, como se estivesse apresentando o brasileiro ao australiano, e disse: "Ele (Lula) é o cara, adoro esse cara". E acrescentou: "Ele é o político mais popular da Terra".

Rudd completou: "O mais popular político de longo mandato". O americano então emendou, novamente se referindo a Lula: "É porque ele é boa pinta".

JB Online:

LONDRES - Após os elogios de Barack Obama, que disse que Lula “é o cara” e “político mais popular do mundo”, o presidente brasileiro fez questão de devolver as palavras, durante entrevista em Londres, na Inglaterra, nesta quinta-feira. - Torço pelo Obama assim como torço pelo Ronaldão do Corinthians - disse Lula.

Na entrevista, o presidente do Brasil declarou que gosta muito do colega norte-americano. - Rezo muito mais para ele do que para mim mesmo, porque o pepino dele é muito maior do que o meu - frisou, lembrando que é "torcedor do Obama desde que ele virou candidato".

Ele destacou também que Obama "parece um de nós" (brasileiros). - É uma oportunidade única para a América Latina de estabelecer uma nova relação com os EUA. Se você encontrar o Obama no Rio de Janeiro, você pensa que ele é carioca; se encontra na Bahia, pensa que é baiano - disse Lula, que provocou grande gargalhada dos jornalistas presentes.

PF investiga doações ilegais da Camargo Corrêa a políticos

Teve grande repercussão nos últimos dias a deflagração da Operação Castelo de Areia pela Polícia Federal.

Sobre o assunto e suas consequências, vejam as seguintes matérias:

PF investiga doações ilegais da Camargo Corrêa a políticos (Fonte: JusBrasil)

Camargo Corrêa afirma ter doado R$23,9 milhões para políticos (Fonte: Diário do Grande ABC)

Licitações da refinaria são canceladas

Fonte: Jornal do Commercio - 02.04.2009
Petrobras decidiu rever sete pacotes em virtude dos elevados preçosRenato Lima
renatolima@jc.com.br

Ganhou, mas não levou. Essa é a situação de empreiteiras que apresentaram preços excessivos para a construção de grandes estruturas da Refinaria Abreu e Lima. A Petrobras decidiu cancelar as licitações de sete pacotes da refinaria, incluindo o coração do processo – que são as unidades de destilação, hidrorefino e coqueamento retardado. Essas são as unidades responsáveis por transformar o óleo bruto em derivados como diesel, gasolina e querosene. A decisão pode resultar numa demora inicial mas garantir que a unidade fique dentro de um preço razoável e enfrente menos problemas no Tribunal de Contas da União (TCU), que já investiga o contrato da terraplenagem.
Entre novembro e dezembro do ano passado, a Petrobras enviou ao mercado carta-convites para empreiteiras apresentarem os preços de construção e montagens de todas as estruturas da refinaria. Os resultados surpreenderam a equipe de implantação da Abreu e Lima pelo valor elevado. Os valores somados chegavam a R$ 23 bilhões, conforme antecipou o JC, enquanto o orçamento inicial da unidade era de R$ 10,1 bilhões.
A Petrobras entrou num processo de negociação direta com as empresas que apresentaram os menores preços para cada tipo de construção licitada. Mas a maior parte dessas tratativas não foram bem sucedidas. No final do mês passado, a estatal de petróleo tomou a decisão de relicitar as unidades que tiveram inicialmente sobrepreço. Novos convites foram emitidos e os processos estão em andamento. Esse é o caso da estação de tratamento de despejos industriais, que havia sido ganha pela CR Almeida, GEL e Passarelle por R$ 1,1 bilhão, mas foi cancelado e nova proposta deverá ser recebida no final deste mês.
A unidade de coqueamento retardado apresentou o maior valor na primeira licitação: R$ 5,978 bilhões, segundo proposta da Camargo e CNEC. A concorrência também foi cancelada e uma nova proposta será entregue em 28 de abril. Com uma diferença significativa. Para estimular a concorrência, a Petrobras dividiu esse pacote em dois, um para o pátio de coque e outro para a unidade de coqueamento.
Também foram cancelados a unidade de hidrorefino (que havia apresentado preço de R$ 4,226 bilhões pela Odebrecht e OAS), a unidade de destilação atmosférica (também OAS e Odebrecht, com R$ 1,899 bilhão), tubovias (Queiroz Galvão e IESA, por R$ 4,986 bilhões) e as interligações elétricas (que havia sido ganha pelo consórcio Schain/Estacom/Findes/DM por R$ 253,9 milhões).
No mês passado a Petrobras assinou cinco grandes contratos, totalizando R$ 2,89 bilhões. Já foram contratadas as edificações da unidade, a construção dos tanques, o contrato global de elétrica e a Estação de Tratamento de Água (ETA). Ainda no ano passado foi assinado o contrato da Casa de Força, uma termelétrica com capacidade para 200 MW que vai abastecer a refinaria com energia e ar-comprimido.

Qualidade do ensino público melhorou, diz Ibope

Do Boletim Informes, de 25/3/2009:

O Ibope realizou, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e com o movimento Todos Pela Educação, uma pesquisa para conhecer a opinião da população brasileira sobre a educação pública no país. Os resultados mostram que para 41%, a educação básica no Brasil é ótima ou boa, enquanto 35% a consideram regular e 24% dizem que ela é ruim ou péssima. De maneira geral, 60% acreditam que a qualidade do ensino básico público está melhorando, 23% afirmam que está igual e 15% dizem que está piorando.

Dica de Site: Projetos de Estádios para a Copa 2014

Quem gosta de futebol, e de arquitetura, está muito curioso para saber como são os projetos de estádios das cidades que estão disputando as vagas para subsede da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

São 17 cidades na disputa, das quais 12 devem ser anunciadas pela Fifa como subsedes até o fim do mês de maio deste ano.

O site indicado é uma scrapper (espécie de fotoblog temático) que mostra imagens dos projetos e, como todo scrapper, é frequentemente atualizado pelo autor a cada novidade sobre o assunto ou por comentários dos visitantes, que também contribuem com imagens sobre o tema.

Vejam em:
Brasil 2014 Copa do Mundo FIFA

Opinião - Economia: A crise terminou (Stephen Kanitz)

Kanitz: a crise terminou
18/03/2009 15:52 - Gláucia Civa

A crise norte-americana acabou há três semanas. E, dentro de um mês, será visível um aumento no índice de confiança do consumidor estado-unidense – logo, mundial.

É o que afirma Stephen Kanitz, consultor de empresas, mestre em Finanças pela Harvard University, colunista da revista Veja e, mais recentemente, dono do blog O Brasil Que Dá Certo.
“Para mim, aquele momento de crise propriamente dito, com todas as pessoas perdidas, sem saberem o que vai acontecer ou o que fazer, já passou”, declarou ele durante palestra no Ta na Mesa da Federasul, realizado nesta quarta-feira, 18, em Porto Alegre.

Quanto ao Brasil, Kanitz acredita que haja mais um pânico psicológico do que financeiro. “A crise iniciou no mercado imobiliário norte-americano, que em fevereiro demonstrou crescimento de 22,2%. Ou seja: se o segmento onde a crise iniciou está melhorando, tudo vai melhorar. E no Brasil, onde não há problema no setor imobiliário nem grandes rombos nos cartões de crédito, acho que a crise nem chegou”, destacou o consultor.

Para ele, no país foram apenas três as empresas que penaram com a crise: Aracruz, VCP e Sadia. “Foram casos isolados que enfrentaram uma situação muito feia, mas já sanaram”, ressaltou. “Nem o governo chegou a ficar mal. Foi uma das primeiras vezes que não precisamos ir de chapéu na mão pedir dinheiro ao FMI! E isto porque pela primeira vez temos um administrador na presidência do Banco Central, Henrique Meireles, que adotou a política correta de fazer reservas. Hoje o Brasil tem reservas milionárias e pode enfrentar a crise”, avaliou.

Segundo Kanitz, o que há no Brasil é muito mais alarde do que verdade. E a grande culpada seria a imprensa. “Tem se falado, na imprensa, em 30% de desemprego. É um exagero, acredito em um índice de 2%, talvez, mas 30%? Se você divulga isso, é óbvio que ninguém mais compra, ninguém mais assume créditos, nada, com medo de perder o emprego”, comentou.

Outro ponto criticado pelo consultor foi o fato de tudo ser noticiado com negatividade. “Quando se falou de queda de 40% na bolsa, por exemplo, foi alardeado como uma notícia péssima. Pode ser, para os 2% de brasileiros que investem. Porém, para quem não é endinheirado, é até uma boa notícia que os endinheirados ganhem menos dinheiro. E outra: Se as ações desvalorizaram 40%, é hora de as empresas brasileiras comprarem estrangeiras, e não de apertarem o cinto”, declarou.

Conforme Kanitz, o Brasil sai da crise com nota dez, especialmente frente ao restante do BRIC (BRASIL-RUSSIA-INDIA-CHINA). “Enquanto o país tem reservas milionárias, a Rússia quebrou e a China está perto de perder o Investment Grade”, comentou.

Para o administrador, sua postura não é otimista, mas procura ver o otimismo que está no ar, ao invés de se concentrar no pessimismo catastrofista. A dica mor de Kanitz: não leia jornal. Para ele, jornais são para gerentes. Presidentes e diretores de empresas não devem lê-los, porque não há que pensar nas más notícias do presente ou, pior ainda, no histórico de crises, no passado: a regra é pensar o futuro. “Você tem de fazer pesquisas de mercado, avaliações, e programar o futuro”, afirmou Kanitz.

Pollyanna
A exemplo dos livros da Eleanor H. Porter, em que uma menina, Pollyanna, praticava o Jogo do Contente, orientando-se para enxergar o lado bom de toda notícia ou episódio ruim, Kanitz é categórico em afirmar que o mundo não está tão a perigo quanto parece pelas manchetes globais.

“Não leia jornais pela manhã. Só vai servir para você desanimar. Nos últimos 100 dias, tudo o que eu tenha visto, ininterruptamente, são notícias ruins. E já mostrei que nem tudo o que se diz como ruim, o é. Minha dica é: leia os noticiários à noite. Você será derrubado, mas aí já pode cair na cama e dormir”, brincou durante o Tá na Mesa.

E o consultor tanto crê em sua tese que criou, há um mês, o blog "O Brasil que Dá Certo". A frase de abertura – Aqui divulgamos as boas notícias e iniciativas do Brasil que dá certo – já dá o tom da página, que, segundo Kanitz, já alcança crescimento semanal de 400% em termos de acesso. “Temos estatística de dois milhões de pageviews em um ano”, declarou.

Administrar é preciso
Para o especialista, a escolha de Henrique Meireles para o comando do Banco Central é um dos maiores acertos da atual política econômica brasileira. “Ele é um administrador, e é isso que tem de ser colocado para administrar as empresas, as instituições”, destacou Kanitz. “A China passou a adotar esta prática na década de 80 – administradores para administração de altos cargos – e veja o quanto cresceu”, complementou.

Segundo o consultor, o administrador é diferente do empresário porque, enquanto o segundo está preocupado em realizar seus sonhos, o primeiro se dispõe a realizar o sonho de outros. “Para o administrador, o importante é pegar uma boa idéia e planejar formas de ela dar certo. Este é o caminho”, concluiu.

Vantagem demográfica, geográfica e política
Para Kanitz, os próximos 40 anos reservam para o Brasil um cenário de destaque positivo em relação a outros países, com perspectivas otimistas em demografia e gestão de recursos. “A desvantagem que o Brasil possuía nos anos 70 e 80 em relação a seu perfil demográfico está mudando com o aumento da população em faixas etárias economicamente ativas, possibilitando maior geração de riquezas e menos dependentes, já que também há menos nascimentos”, destacou ele durante a palestra na Federasul.

Além disso, o consultor aponta que o país também tende a se destacar geográfica e politicamente, com “a consolidação de nossa democracia”. "A Europa está quebrada e, no futuro, China e Índia terão problemas sérios com a escassez de água", pontuou. “O tamanho continental do Brasil o tornará menos dependente da globalização, porque pode desenvolver o mercado interno”, completou.

Fonte: Baguete