Recife (PE), Brasil

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Esportes: Corrida - O que é o VO2 Max?


Não é de hoje que se ouve falar que a corrida atrai muitos adeptos por ser um dos esportes mais simples de ser praticado, afinal, só é preciso um tênis, um calção e uma camiseta para realizar o exercício. Mas basta o corredor dar suas primeiras passadas para perceber que existe um mundo muito mais amplo que cerca esta atividade física, repleto de nomenclaturas e palavras que são habituais para os atletas mais experientes, mas podem confundir a cabeça dos iniciantes, e entre elas está o VO2 Máx.

“VO2 Máx. é a quantidade máxima que o corpo consome de oxigênio durante a prática de uma atividade física. Este limiar é obtido por um exame ergoespirométrico e pode variar de acordo com a atividade física. Se medirmos o VO2 Máx. de uma pessoa em uma esteira e em uma bicicleta ergométrica, com certeza o valor será diferente”, explica Paulo Correia, fisiologista do exercício da Unifesp, que afirma que o VO2 Máx. é uma medida individual, e não deve ser usada para comparar o desempenho de dois atletas.

“O limiar não é um parâmetro de condicionamento. Não é porque uma pessoa tem o consumo maior de oxigênio que ela vai correr mais que outra. Às vezes, a pessoa possui um VO2 Máx. mais alto porque tem dificuldade e se esforça mais para fazer a atividade física, mas não quer dizer que ela é mais rápida. O exame só se torna realmente interessante quando um corredor o realiza de tempos em tempos e compara sua própria evolução”, diz Correia.

Veja na íntegra em: O2 Por Minuto
----------
Repassado por Marinês Melo

Música: Onde anda Belchior das Canções?


O Portal Terra publicou a seguinte notícia na última segunda, 24 de agosto:

Cantor Belchior está desaparecido desde 2007, segundo familiares

Um dos carros de Belchior está abandonado há meses no estacionamento do Aeroporto de Congonhas. O outro, na garagem do hotel onde ele morou, também em São Paulo. E a família não tem notícias dele desde 2007. "Tem gente que diz que ele está na Holanda, tem gente que diz que ele está em São Paulo", contou o fã Luiz do Monte ao Fantástico, da Globo. "Procurei alguns empresários que eu sei que trabalhavam com ele. Eles disseram que nunca mais fizeram show com ele, porque não o encontram", disse o ex-sócio e parceiro Jorge Mello.

Sobre o assunto, eu recebi mensagem reproduzindo o texto abaixo, também publicado no Portal Terra e escrito por Paquito, músico e produtor de Salvador:

Belchior das canções

Deu no Fantástico: Belchior sumiu. Para os mais novos, que não o conhecem das canções, ou sabem das canções, mas não sabem que são dele: Belchior, o cantor-compositor cearense sumiu. Aquele que dizia ser um rapaz latino-americano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes, e vindo do interior. Dizem que apareceu num show de Tom Zé, ainda este ano, mas, depois, não foi mais visto.

Há dois anos, a ex-mulher não tem notícias, dois carros seus estão abandonados ou, pelo menos, estacionados sem que ninguém os reclame. Deixou dívidas. Eu nem vi a matéria na TV, peguei na página do portal Terra e pensei: Belchior já tinha sumido de nós há mais tempo. Não se falava dele nos jornais, na Internet, no que se chama a grande mídia. Precisou sumir pra que se falasse dele.

Até parece história das presentes em suas letras, "feito aquela gente honesta, boa e comovida/ que caminha para a morte/ pensando em vencer na vida".
Provavelmente, vão dizer que foi uma vítima do Sistema, será feito um documentário, e aparecerão os doutos dizendo que ele era um gênio incompreendido. Talvez elucidem o mistério, talvez não. Talvez a razão do sumiço seja bem prosaica, distante do nosso entendimento.

No entanto, suas canções, bem maior de um compositor, estão vivas e presentes na memória dos brasileiros que o ouviram cantar, e viam aquele hippie de vasto bigode, lirismo triste e combativo, e versos incomuns. Se alguém, de repente, começa a cantarolar "não quero lhe falar, meu grande amor/ das coisas que aprendi nos discos/ quero lhe contar como vivi/ e o que aconteceu comigo...", é impossível não se lembrar da interpretação de Elis Regina, e de como aquela gravação se tornou um standard da música brasileira. As cantoras que vieram bem depois de Elis, como Daniela Mercury, gostam de cantá-la pra chegar perto do modelo de cantora que é Elis.

Tanto que há uma historinha que diz que Sandy, em uma data familiar, escolheu cantar, em homenagem aos pais, Como nossos pais, que é o título desta canção de Belchior. Imagino Sandy se dando conta do que diz a letra da música, no momento mesmo em que está cantando: "minha dor é perceber que apesar de termos feitos tudo que fizemos/ ainda somos os mesmos e vivemos/como nossos pais".

A música de Belchior é a notícia mesmo de que o sonho havia acabado, contrapondo-se inteligentemente à alegria tropicalista: "nada é divino, nada é maravilhoso/ ao vivo é muito pior". Há uma urgência em seus versos, e na sua interpretação angustiada, sanguínea, sensual, quase falada: "quando eu cantar/ quero ficar molhado de suor/ e, por favor, não vá pensar que é só a luz do refletor".

E há - por que não? - uma nostalgia como no subtítulo de Mucuripe, "jovem também sente saudade". A sessão de cinema das cinco, a camisa toda suja de batom. E uma canção alegre, Medo de avião, releitura de I wanna hold your hand, dos Beatles, e que ganhou uma outra melodia de Gilberto Gil, também bonita.

Estou lembrando dos versos e ouvindo as canções aqui na minha rádio-cabeça, aos pedaços, e tendo bem presente os instantes em que, adolescente, ficava fascinado por um verso que dizia "eu quero é que este canto torto feito faca corte a carne de vocês". Há uns cinco anos, vi Belchior cantando essa música no programa Altas horas, junto com o Los Hermanos.
Das canções cujas letras ganham versões maliciosas e populares tem aquela que diz "aí um analista me comeu", em vez de "aí um analista amigo meu", que é a letra original. É engraçado, e não é pouco. Caymmi uma vez disse que seu sonho era ser um autor de algo que se perdesse no meio do povo. Aconteceu com ele, e, de certa maneira, com Belchior.

Esse texto não é e nem pretende ser um necrológio, pois não se sabe se Belchior morreu. Ele só sumiu, ou sumiu só. Mas eu sei onde ele anda: em suas canções imorredouras, vivas, presentes e, ainda e sempre, urgentes. Além, no Corcovado, quem abre os braços, é Belchior. Copacabana, o mar, as borboletas pousando entre as flores do asfalto, são Belchior, talvez cansado de nós, repousado de nós, infinito de nós.

Paquito é músico e produtor.
-------
Repassado por Marinês Melo

Vídeo: O papelão de Waldvogel e o desmonte do factoide Lina

Fonte: Agência Carta Maior

A jornalista Monica Waldvogel reuniu no programa "Entre Aspas", da Globonews, o ex-secretário da Receita Federal (no governo FHC), Everardo Maciel, o presidente do SindiReceita, Paulo Antenor, e um advogado tributarista para discutir a "crise da Receita".

Após uma introdução onde denunciou o "aparelhamento" da Receita e apresentou Lina Vieira como "vítima" deste processo, ouviu dos convidados que o aparelhamento foi feito, na verdade, por Lina Vieira. Para o jornalista Luis Nassif, o comentário inicial de Waldvogel foi "vergonhoso, antijornalístico e desonesto".

O programa foi ao ar nesta terça-feira (25). A apresentadora Monica Waldvogel iniciou o "Entre Aspas" com uma leitura apocalíptica sobre o "aparelhamento da Receita" pelo governo Lula, mostrando Lina Vieira como uma "vítima" de interesses poderosos (Sarney, Petrobras, etc.).

Todas as teses da introdução de Waldvogel foram rejeitadas e rebatidas pelos participantes do programa. Ao final do mesmo, constrangida, a jornalista pergunta:

- "Mas então houve uma manipulação da opinião pública?"

Assista ao programa, no site da Carta Maior, e tire suas conclusões:

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Dica de Site: LexML - Governo cria ‘Google’ para leis e documentos de órgãos públicos

Ele tem a cara do Google, o jeito do Google, mas a proposta do projeto LexML é organizar a informação de órgãos públicos e do governo em um único repositório, simplificando o acesso a documentos como leis e acórdãos, entre outros.

O projeto começou a ser desenvolvido em abril do ano passado e tem lançamento oficial previsto para 30/06. Já supera os 274,4 mil documentos no ambiente de homologação - dos quais cerca de 90 mil podem ser consultados pelo endereço http://www.lexml.gov.br/ . A meta é lançar o portal com 1 milhão de documentos cadastrados, de acordo com João Lima, responsável pelo projeto.

“O que vai fazer a gente chegar a um milhão é o aporte de jurisprudências do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior do Trabalho (TST)”, diz Lima.
O LexML começou a ser desenvolvido há cerca de um ano e é gerido pela comunidade TI Controle, que reúne gestores de tecnologia da informação de 18 órgãos dos três poderes, entre eles o Senado Federal, o Tribunal de Contas da União (TCU), o Banco Central e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja a matéria na íntegra em: Computer World.
----------
Repassado por Cynara Barros

Caçando Mitos: Duas luas em 27 de agosto?


Recebi a mensagem abaixo, que informa que nesta quinta-feira, 27 de agosto, marte aparecerá do tamanho da lua cheia, parecendo assim que teremos duas luas no céu.

Na verdade, esta mensagem circula todo ano nesta época, desde 2003, ano em que de fato Marte mais se aproximou da terra, mas não chegou nem perto de parecer outra lua. Ainda lembro bem, dava pra ver uma bolinha avermelhada.

Coincidência o não, o fato é que no fim de semana de 15 e 16 de agosto, observei uma estrela muito brilhante em frente à minha janela, que não piscava e aos poucos se elevava no firmamento. Era praticamente a única estrela visível, pois o céu estava bastante nublado. Quase certamente se tratava de marte, mas, é claro, não tinha qualquer semelhança com a lua.

Veja mais sobre esta lenda moderna em Quatro Cantos (o melhor site sobre lendas urbanas na internet).

A seguir, a mensagem:
-------------------------
De: ...
Enviada: Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009 22:32:57
Assunto: FW: DUAS LUAS EM 27 DE AGOSTO

O Planetario Internacional de Vancouver, da British Columbia - Canadá, calculou a precisão em que Marte estará orbitando perto da terra (qual é a precisão?). Será no dia 27 de agosto de 2009 (só muda o ano).
Todavia, o mais interessante de tudo é que isto estava previsto em um código Maya, encontrado na piramide ao lado do Observatorio Estrelar em Palenque, Chiapas -México (eita!).
Com este cálculo matemático Maya, agora os Mayas estão sendo vistos como os gregos da America, e orgulho da Guatemala. (cada vez acrescentam alguma bobagem. ahahah)
Pelo menos, quatro ou cinco gerações da humanidade não voltará (sic) a ver este fenomeno natural, e poucas pessoas sabem até o momento, embora tenha sido noticiado em 11 de maio de 2009 (por quem?).
Duas Luas no Ceu
No dia 27 de Agosto, a meia noite e meia, olhe para o ceu,
O planeta Marte será a estrela mais brilhante do ceu, e será tao grande quanto a lua cheia, e estará a 55,75 milhões de kilometros da terra.
Não perca!!
Será como se a terra tivesse duas luas, e este acontecimento só se produzirá no ano de 2287 (na verdade, outra aproximação igual à de 2003 só daqui a 73.000 anos, segundo o astrofísico Rogério Mourão).
Divulgue esta informação, pois nem todos terão a oportunidade de rever (o velho apelo para disseminação do spam. Quando lerem isto em uma mensagem, podem apagá-la, que é lixo).

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Caçando Mitos II: o uso da descarga contamina as escovas de dente?

Recebi uma mensagem, que na verdade foi retirada do site do Programa Mais Você, da Ana Maria Braga, a qual alerta que, com o uso da descarga, uma nuvem de bactérias se espalha pelo banheiro e contamina as escovas de dente. Por isso, recomenda que sempre se dê descarga com a tampa fechada.

A recomendação foi tirada de uma entrevista que Ana Maria fez com um dentista de nome Hugo Lewgoy. Na verdade, embora o texto dê ênfase à questão da descarga, o médico deu inúmeras outras informações úteis sobre a importância da escovação adequada e apenas concordou com Ana Maria que é recomendável manter a tampa da privada fechada. Entre as dicas, destaco:

- usar escova ultra macia e com muitas cerdas;
- guardar as escovas no armário (acho que é bem mais eficaz que apenas baixar a tampa ou afastar as escovas da privada);
- usar tampinhas protetoras (aqui eu acho que depende da tampinha, pois algumas também costumam acumular resíduos, acabando por ser mais um fator de contaminação);
- não deixar as escovas em contato com outros objetos ou mesmo outras escovas; etc.

Veja o vídeo da entrevista, na íntegra, no site do Mais Você.

Lendo a mensagem e vendo o vídeo, lembrei-me de um episódio do programa "Caçadores de Mitos", que mostrou que, na verdade, não faz diferença se a escova fica ou não exposta à descarga: com o tempo todas elas apresentam vestígios de coliformes fecais, sem diferenças relevantes entre elas.

Pesquisando na internet, encontrei o vídeo do programa e editei a parte que mostra apenas o mito das escovas de dente. Confiram abaixo:

Seu Direito: Não pague mais nas compras com cartão


Cartão é igual a dinheiro

Fonte: Revista ProTeste

O consumidor teve mais uma conquista. A Câmara dos Deputados derrubou a emenda que legalizaria a cobrança de preços diferenciados nas compras com cartão de crédito em relação aos pagamentos com dinheiro ou cheque.

A PRO TESTE se mobilizou para que os deputados rejeitassem a proposta e lançou a campanha Cartão é igual a dinheiro. Instituir preços diferenciados para cartão não resolveria os problemas do setor, que prejudicam o consumidor.

Hoje, por exemplo, as administradoras não são consideradas instituições financeiras e por isso não são fiscalizadas pelo Banco Central.

Não há dúvida que é urgente a regulamentação do setor de cartões de crédito para disciplinar o mercado e, assim, aumentar a concorrência e resolver questões como os elevados juros do rotativo e armadilhas diversas que penalizam o consumidor. Mas o valor pago pelo empresário às operadoras e o aluguel da máquinas deve ser tratado entre eles, pois não faz parte da relação com o consumidor.

A cobrança de preços diferentes nas compras com cartão (crédito e débito) e dinheiro é proibida pela Portaria 118/94, do Ministério da Fazenda, que considera a compra com cartão como sendo pagamento à vista. A maioria das decisões judiciais emitidas no País desde 1990 caminham no mesmo sentido.

A campanha foi um sucesso. Obrigado por nos apoiar em mais este movimento em seu favor. A PRO TESTE continuará alerta para que na regulamentação do setor, que vem sendo estudada pelo governo, você não seja prejudicado.

Dica de Site: Saco é um saco!

Dicas para reduzir o uso de sacolas plásticas (lique na figura para ampliá-la )

A campanha Saco é um saco é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente, com apoio da rede de supermercados Wal-Mart, que quer chamar a atenção do cidadão brasileiro para o enorme impacto ambiental de um hábito aparentemente inofensivo: pegar sacos e sacolas plásticas.

Você sabia que cerca de 1,5 milhão de sacolas plásticas são consumidas a cada hora pelos brasileiros?
Sacos, saquinhos, sacolas e sacolinhas plásticas. Nós os recebemos todas as vezes que vamos às compras: na farmácia, na padaria, no supermercado.

Pode parecer que são de graça, por que são distribuídas à vontade…
Errado! Todos pagam por eles: recursos naturais como petróleo e água são usados para sua fabricação, energia é consumida, e, quando as descartamos, elas ajudam a obstruir pontos de drenagem de chuvas - causando enchentes -, poluem cidades e matas, podem ser ingeridos por animais e permanecem no meio ambiente por séculos.
Entre 500 bilhões e 1 trilhão de sacos e sacolas plásticas são consumidas por ano no mundo. A sua sacolinha pode parecer inofensiva, mas todas esses sacos e sacolinhas juntos são um perigo para a natureza.

Veja mais informações no site da campanha: http://mma.gov.br/sacolasplasticas/
-----
Post baseado em e-mail repassado por Francisco Sobrinho.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Diário: Volta aos treinos

Passei vários dias afastado dos treinamentos devido a dores na coxa direita.
Na semana passada voltei devagar, apenas caminhando, mas ainda senti a perna.
Hoje pela primeira vez voltei a correr, à noite na na Jaqueira, apenas 6km, mas felizmente nada senti.
Outra novidade é que resolvi ir correndo para a Jaqueira. Assim ganho tempo e vou praticando corrida na rua.
Assim, espero estar em boas condições para a Meia do Rio, no dia 6 de setembro. Bem, me inscrevi para a Meia, pois não tem outra modalidade, mas espero conseguir pelo menos completar os primeiros 10km, de São Conrado a Copacabana.
De lá pego o metrô e vou encontrar o pessoal na chegada, no Aterro do Flamengo.
Mas, enquanto tiver gás, se tiver mais algum, vou continuando. Quem sabe chego ao final, nem que seja caminhando.

Alerta: E-mails com tratamentos para a gripe A não passam de lenda

Do JC Online - Publicado em 17.08.2009, às 16h57:



Chá de erva-doce é citado em e-mail como remédio para a nova gripe, porém a informação é errada.


Assim como o número de casos de gripe A (H1N1) no Brasil, é cada vez maior a quantidade de mensagens que circula na internet com supostas dicas de tratamento para a doença. O chá de erva-doce tem aparecido em alguns desses e-mails como uma forma alternativa para curar os sintomas da nova gripe.


Sob o título "Tamiflu caseiro", a mensagem defende o uso do chá dessa erva que, de acordo com o e-mail, tem a mesma substância (anis estrelado) do estrato-base do Tamiflu, anti-viral recomendado pela Organização Mundial da Saúde para tratar casos de gripe A. "Trata-se de um excelente preventivo contra os efeitos do contato com o vírus H1N1, ou mesmo como remédio a ser tomado imediatamente após os primeiros sintomas de gripe, pois seu princípio ativo poderá bloquear a reprodução do vírus e mesmo evitar seu maior contágio", sugere um trecho da mensagem.


"Isso não tem nenhum fundamento!", reage o infectologista Vicente Vaz, do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, em Santo Amaro, área central do Recife. Ele aproveita para esclarecer que o Tamiflu não é indispensável no tratamento da nova gripe. "Não importa o que a pessoa vai tomar, seja chá de erva-doce, erva-cidreira. A maioria dos pacientes vai ficar boa sem precisar tomar qualquer tipo de medicação ou chá", enfatiza.


Veja na íntegra no JC Online: E-mails com tratamentos para a gripe A não passam de lenda

Repassado por Marinês Melo.

Seu Direito: Projeto proíbe cobrança de estacionamento


Desde a semana passada tem circulado bastante um e-mail convocando todos a aderirem a um boicote ao Shopping Center Recife no dia 30/8/2009 (domingo), em protesto contra o aumento do preço do estacionamento, que passou de R$ 3,50 por 6 horas para R$ 4,00 por 4 horas.

A cada um que me repassa, eu brinco dizendo que já aderi a este boicote há muito tempo, pois nunca vou ao Shopping Recife, preferindo os Shoppings Tacaruna e Plaza, que são mais próximos e mais baratos em praticamente tudo.

Mas a boa notícia é que está em tramitação no Congresso um projeto de lei do Deputado João Paulo Cunha, do PT-SP, que proíbe a cobrança de estacionamento em estabelecimentos comerciais de todo o País. O PL-2.889/97 (é isto mesmo: o projeto tramita desde 1997!!!) seria apreciado hoje na CCJ - Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Segue nota do Boletim Informes a respeito:

CCJ deve apreciar projeto que proíbe cobrança de estacionamento
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprecia hoje várias propostas de iniciativa de deputados do PT . Entre elas o PL 2.889/97, do deputado João Paulo Cunha (PT-SP), que proíbe a cobrança de estacionamento nos parques privativos; em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços. A reunião da CCJ será no plenário 1, às 14h30.
Outro item da pauta é o PL 5.710/01, do deputado Fernando Ferro (PT-PE), que dispõe sobre a indenização em caso de rescisão do contrato de empregado eleito para cargo de dirigente sindical ou suplente.

A má notícia é que ainda não foi desta vez que o projeto foi aprovado, pois a sessão da CCJ foi suspensa após verificação de quorum pedida pelo deputado Jorginho Maluly (DEM-SP). A CCJ volta a se reunir amanhã. Veja nota da Agência Câmara a respeito:


A reunião da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) foi encerrada há pouco, após verificação de votação solicitada pelo deputado Jorginho Maluly (DEM-SP) em nome de seu partido - o quorum mínimo para votação na CCJ é de 31 integrantes.
O Democratas apresentou requerimento para adiar para amanhã (quarta-feira 19/08) a votação do Projeto de Resolução 287/06, da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que cria uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o roubo de obras de arte e de objetos sacros de valor histórico.
O deputado Flávio Dino (PcdoB-MA), porém, não concordou com o adiamento da votação, e o impasse levou à derrubada da reunião por meio do expediente regimental.
A CCJ volta a se reunir amanhã às 10 horas no plenário 1.

Dica de Site: Jerusalém - O Projeto Comum da Humanidade


Este site já seria imperdível apenas pela beleza das imagens em 360º do Muro das Lamentações, do Santo Sepulcro e da Mesquita Al Aqsa, símbolos das três religiões que têm Jerusalém como cidade sagrada. E as imagens não são apenas panorâmicas: você pode girá-las em todas as direções, inclusive para cima e para baixo.

Mas não é só isso: tem também diversas informações sobre a cidade de Jerusalém ao longo dos tempos.

Espetacular!


Aproveite e passeie também pelas imagens em 360º da Turquia disponíveis no portal que hospeda as imagens de Jerusalém:

Dica das imagens do Santo Sepulcro repassada por Stenio Aretakis.

Política: A demonização de Dilma

Do Blog do Azenha - Eu vi o Mundo:


Publicado em 17 de agosto de 2009 às 19:23
por Luiz Carlos Azenha

O plano vem se desenrolando conforme o combinado. Falta saber apenas quem combina, quem transmite as ordens, quem é responsável por desencadeá-lo dentro das organizações jornalísticas.

Quem pegou pesado primeiro, para se preservar, foi a Folha de S. Paulo, com a ficha falsa da Dilma. O jornal tinha todos os elementos para derrubar a matéria por qualquer critério jornalístico, inclusive se obedecesse ao próprio manual de redação. Mas optou por criar uma segunda versão do "testando hipóteses".


Quando digo "se preservar" é pelo fato de que a Folha controla um dos institutos de pesquisa, o Datafolha. Não pode cair na orgia midiática que O Globo faz com a verdade factual.


"Testando hipóteses" é uma das contribuições geniais do Ali Kamel -- não o ator pornô, o diretor de Jornalismo da Globo -- para nossos focas. É a teoria segundo a qual um jornalista pode chutar a versão que lhe der na telha durante uma cobertura, até acertar. Mais recentemente, Kamel inventou o "mais ou menos crente em Deus", que atribuiu ao presidente Lula. É como dizer que uma mulher está meio grávida.


É impossível confirmar ou desmentir a ficha, afirmou candidamente o jornal dos Frias. Nada me tira da cabeça que foi um "teste de hipóteses" real, usando os leitores como cobaias. Depois de publicar a informação sobre "Dilma terrorista", os marqueteiros de Serra devem ter saído às ruas para fazer pesquisas qualitativas sobre o poder que a denúncia teve de influenciar eleitores.


Isso é comum nos Estados Unidos. Aqui, não sei. Testo hipóteses. Pode ser que sim, pode ser que não. Mas acho que faz sentido. Porque me parece que a estratégia de demonização persiste. Demonizar diretamente. E por associação. Demonizaram o Sarney, quando finalmente a mídia brasileira descobriu que Sarney... é Sarney. Demonizaram o Sarney mirando a Dilma.


Diogo Mainardi entregou o ouro na edição mais recente da revista Veja, ao tentar ligar Dilma a gente que, supostamente, teria recebido dinheiro de traficantes de cocaína de Medellin:


"A Igreja Universal, nos últimos dias, atrelou sua imagem à de Lula. É a mesma estratégia empregada por José Sarney. Um apoia o outro. Um defende o outro. Edir Macedo está com Lula e com Dilma Rousseff. Agora e em 2010. Se a Igreja Universal tem um Diploma de Dizimista, assinado pelo Senhor Jesus Cristo, Dilma Rousseff tem um Diploma de Mestrado da Unicamp, supostamente assinado pelo senhor Espírito Santo. O senhor Edir Macedo e o senhor Lula se entendem. Eles sabem capitalizar a fé".


A isso se chama, em marketing político, de definir a matriz de pensamento. Quem acha que isso não dá resultado está errado. Os marqueteiros não atiram mais na grande massa eleitora. Eles hoje fazem planejamento voltado para os nichos do mercado, como quem corta salame. Podem perceber, sempre usando pesquisas, que o voto da classe média urbana em José Serra não está firme. Que precisam aumentar a rejeição aos adversários do Serra. Assim sendo, desenvolvem a estratégia e as ferramentas específicas para aquele tipo de eleitorado.


É esse o exercício que está em andamento agora, no exato momento em que você lê esse texto, em minha modestissima opinião. Aumentar a rejeição à Dilma. Da mesma forma que fizeram com Marta Suplicy em São Paulo. Mulher, sim, mas destemperada. Mulher, sim, mas descontrolada. Mulher, sim, mas não dá para confiar nela. Os marqueteiros planejam. A mídia executa. Estou certo de que é um plano milimetricamente traçado e de longo prazo.


E Serra, como vocês sabem, não tem qualquer escrúpulo. É só ver o que ele fez para eliminar Roseana Sarney da competição em 2002: usou promotores, a Polícia Federal e a mídia. Instrumentos aos quais ele continua tendo acesso, se não no plano federal, em nível estadual. Isso e mais a mídia.


PS: Se eu fosse o marqueteiro da Dilma, faria que nem o marqueteiro do Reagan, Michael Deaver, fez com o ator de cinema: só colocaria a Dilma em cenários bonitos, com crianças, sorridente. Deaver dizia: esqueçam as palavras, olhem as imagens. A vantagem do marqueteiro de Dilma é que ela tem cérebro. E fazer Serra parecer simpático vai ser uma luta.


PS2: Não olhem para a Folha. Olhem para o jornal gratuito, distribuído aos milhares nas ruas de São Paulo, que roda o dia todo dentro de ônibus e táxis. Jornal simples. Textos curtos. Hoje a manchete era a espetacular vantagem de Serra sobre Dilma em São Paulo. Mais de 30 pontos!, ele gritava em uma das manchetes.


Repassado por Ricardina Almeida.

Saúde: Cartilha "O Olho do Consumidor" - Produtos orgânicos


Recebi uma mensagem afirmando que a cartilha "O Olho do Consumidor", sobre produtos orgânicos, produzida pelo Ministério da Agricultura, teria tido sua circulação impedida por uma liminar obtida pela Monsanto, multinacional produtora de sementes transgênicas.
Fui verificar na internet e, como eu pensava, a mensagem não passa de mais uma lenda urbana virtual. Mas vale a pena conferir a cartilha, que está disponível para visualização e download no site do Ministério da Agricultura (www.agricultura.gov.br - Agricultura Orgânica - Publicações e artigos - O Olho do Consumidor).
Nesta cartilha, ilustrada por Ziraldo, é possível encontrar a definição de alimento orgânico, bem como orientações para que o consumidor possa identificar esses produtos no mercado. A partir de 2010, todo produto orgânico brasileiro, exceto aqueles vendidos diretamente pelos agricultores familiares, levará o selo do Sisorg (Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica). Esse selo, que teve a marca escolhida pelo público, vai atestar que o produto está dentro de normas e foi avaliado por entidade credenciada do Ministério da Agricultura. O selo de referência já é utilizado nos Estados Unidos, no Japão e na Europa.

Vídeo: A menina que calou a ONU

Este vídeo parece antigo, mas não é tanto. A garota fala inclusive em computadores.
De qualquer forma é sempre atual.
Para refletir.




Repassado por Paulo Frazão.

Seu Direito: Justiça volta a proibir cobrança de ponto extra

O juiz federal Roberto Luis Demo, da 14ª Vara de Brasília, decidiu na noite de quarta-feira revogar a liminar utilizada pelas empresas de TV a cabo e voltou a proibir a cobrança de ponto extra.
De acordo com o Ministério Público Federal de Brasília (MPF-DF), com a decisão, as empresas são obrigadas a cumprir imediatamente a norma da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que autoriza a cobrança apenas pelos serviços de instalação e de reparo da rede interna e dos conversores e decodificadores de sinal.
O pedido de revogação da liminar foi apresentado pelo MPF-DF e pela Anatel em abril deste ano, com o objetivo de evitar que as empresas de TV por assinatura utilizassem a ordem judicial para justificar a cobrança pelo ponto extra.

Veja na íntegra no Portal Terra.

Humor: Só quem é pernambucano entende!


Botão de som é "pitôco";
Se é miudinho é "pixototinho";
Se for resto é "cotôco";
Tudo que é bom é "massa" ;
Tudo que é ruim é "peba";
Rir dos outros é "mangar";
Faltar aula é "gazear";
Quem é franzino é "xôxo";

Bobo é "abestalhado";
O lento se chama "leso";
E o medroso se chama "frouxo";
Tá com raiva é "invocado";
Vai sair, diz "vou chegar";
"Caba" (homem) sem dinheiro é "liso";
A moça nova é "boyzinha";
Pernilongo é "muriçoca";

Quem entra sem licença "emburaca";
Sinal de espanto é "vôte";
Quem tem sorte é "cagado";
Pedra lisa é "xêxo";
E quem não paga é "xexêro";
O mesquinho é "pirangueiro";
Quem fura compromisso é "fulero";
E curioso é "enxerido";

Cabide de roupa é "ombreira";
Sujeira de olho é "remela";
Meleca se chama "catota";
Catinga de suor é "inhaca";
Marca de pancada é "roncha";
Briga pequena é "arenga";
E briga grande é "buruçu";
Palhaçada é "munganga";
E Gozação é "Gréia";

Corrente com pingente é "trancilim";
Pão bengala é "tabica";
Borracha de dinheiro é "liga";
Desarrumado é "malamanhado";
E deselegante é "jegue";
"É mesmo" é "E apôis";
Fofoca aqui é "fuxico";
Estouro se chama "pipôco";
E fique na sua é "se feche".

É assim que se fala por aqui, visse?
Repassado por Antonio Sergio Santos e adaptado por Edilson.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Saúde: Refrigerante à base de cola murcha os músculos

Você consegue reduzir o açúcar, maneirar nas gorduras e até regular o horário das refeições. Para completar, vence a preguiça e começa a fazer exercícios, incluindo a musculação. Mas abandonar o refrigerante é tarefa quase impossível, e uma latinha é sua opção número um para matar a sede. Pois saiba que, mesmo tomando as versões light ou zero, a bebida pode prejudicar, e muito, os resultados do seu treino.

Doses diárias de refrigerantes à base de cola fazem seus músculos murcharem, segundo uma pesquisa que acaba de ser publicada na revista de Prática Clínica, no Reino Unido. Segundo os médicos, isso acontece porque a bebida provoca a eliminação excessiva de potássio pelo organismo, mineral envolvido em todos os processos de contrações musculares.

O problema torna-se crônico quando o consumo atinge dois litros por dia. Nesses casos, os pacientes precisam de suplementação oral ou venosa para repor o mineral perdido, além de interromper totalmente a ingestão do refrigerante.

E não é só nos músculos que o prejuízo dos refrigerantes pode ser sentido:

Nos dentes: a bebida provoca o que os dentistas chamam de erosão ácida, ou seja, o desgaste dos minerais que compõem o esmalte dos dentes. O refrigerante em excesso pode gerar muita sensibilidade, além de possibilitar fraturas, já que o dente fica mais fino e sem proteção.

Na digestão: o refrigerante dilata seu estômago, fazendo você comer mais do que precisa para se sentir satisfeito. Com o excesso, a digestão demora e a dieta acaba prejudicada. As calorias dos refrigerantes são vazias e devem ser evitadas.

No hálito: por aumentar a acidez do estômago, o refrigerante pode levar a gastrites e úlceras. Além da dor que essas doenças provocam, há o desconforto social de ter de conviver com o mau hálito.

Fonte: MedImagem - Minha Vida
Edição: 25.06.2009

Vídeo-Música: Roberto Carlos - E Por Isso Estou Aqui

Seu Direito: Troque sua multa de trânsito por uma advertência

No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa.

É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.


Código de Trânsito Brasileiro:

"Art. 267. Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa."

Crônica: Onde foi parar o tempo que ganhamos???

Autoria atribuída a: Marcelo Canellas

Havia mais terrenos baldios. E menos canais de televisão.
E mais cachorros vadios. E menos carros na rua.
Havia carroças na rua. E carroceiros fazendo o pregão dos legumes.
E mascates batendo de porta em porta.
E mendigos pedindo pão velho. Por que os mendigos não pedem mais pão velho?

A Velha do Saco assustava as crianças. O saco era de estopa.
Não havia sacos plásticos, levávamos sacolas de palha para o supermercado.
E cascos vazios para trocar por garrafas cheias.
Refrigerante era caro. Só tomávamos no fim de semana.

As latas de cerveja eram de lata mesmo, não eram de alumínio.
Leite vinha num saco. Ou então o leiteiro entregava em casa, em garrafas de vidro.
Cozinhava-se com banha de porco. Toda dona-de-casa tinha uma lata de banha debaixo da pia.

O barbeador era de metal, e a lâmina era trocada de vez em quando. Mas só a lâmina.
As camas tinham suporte para mosquiteiro.
As casas tinham quintais. Os quintais tinham sempre uma laranjeira, ou uma pereira, ou um pessegueiro.

Comíamos fruta no pé.
Minha vó tinha fogão a lenha.
E compotas caseiras abarrotando a despensa.
E chimia de abóbora, e uvada, e pão de casa.

Meu pai tinha um amigo que fumava palheiro.
Era comum fumar palheiro na cidade; tinha-se mais tempo para picar fumo.
Fumo vinha em rolo e cheirava bem.
O café passava pelo coador de pano. As ruas cheiravam a café.
Chaleira apitava.
O que há com as chaleiras de hoje que não apitam?

As lojas de discos vendiam long plays e fitas K7.
Supimpa era ter um três-em-um: toca-disco, toca-fita e rádio AM (não havia FM).
Dizia-se 'supimpa', que significa 'bacana'. Pois é, dizia-se 'bacana', saca?
Os telefones tinham disco. Discava-se para alguém. Depois, punha-se o aparelho no gancho.
Telefone tinha gancho. E fio.

Se o seu filho estivesse no quarto dele e você no seu escritório, você dava um berro pra chamar o guri, em vez de mandar um e-mail ou um recado pelo MSN.
Estou falando de outro milênio, é verdade.
Mas o século passado foi ontem! Isso tudo acontecia há apenas 20 ou 25 anos, não mais do que o espaço de uma geração.

A vida ficou muito melhor.
Tudo era mais demorado, mais difícil, mais trabalhoso.
Então por que engolimos o almoço? Então por que estamos sempre atrasados?
Então por que ninguém mais bota cadeiras na calçada?

Alguém pode me explicar onde foi parar o tempo que ganhamos?

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Saúde: Dores - Gelo ou Calor?

Fonte: Revista Contra-Relógio - Edição 170 - Novembro/2007

Entre o gelo e o calor, fique com os dois

POR ALESSANDRA ARKIE E KENIA GUERRA BAUMANN (fisio-rpg@uol.com.br)

Quando o indicado é o calor? Quando é melhor aplicar gelo? E os dois ao mesmo tempo? Tire suas dúvidas e boa recuperação!

De repente, depois do treino ou de uma prova, aparece uma dorzinha num determinado lugar e junto com ela, a dúvida: fazer uso de gelo ou calor para aliviar os sintomas? E esta é umas das questões mais freqüentes na prática clínica. Por isso, vamos explicar os efeitos e indicações de cada método para facilitar seu uso doméstico.

Utilizar os recursos físicos, como a água, para aliviar alguns sintomas, é uma prática comum desde a antiguidade. Acredita-se que, na pré-história, o homem já procurava a água, o sol ou a fricção das mãos em partes do corpo para aliviar as dores. Há relatos que Hipócrates (460 - 375 a.C.) realizava banhos de contraste com água quente e fria para tratar doenças.



A aplicação da água nas suas diversas formas favorece a melhora dos sintomas e auxilia na reabilitação de lesões, seja na forma de calor, que dilata os vasos sanguíneos, ou pelo frio, que causa sua contração, o que contribui para a remoção de impurezas e substâncias indesejáveis resultantes da lesão, liberadas no local. É um recurso terapêutico valioso com a vantagem de ter fácil acesso, baixo custo e fácil manuseio.

A utilização de calor como terapia é chamada de termoterapia. Já a crioterapia é a utilização do gelo para tratar patologias. As duas formas de aplicação da água, quente e fria, são importantes auxiliadores no tratamento de patologias ortopédicas.


Para ver a matéria na íntegra: Entre o gelo e o calor, fique com os dois

(Repassado por Marinês Melo)

Vídeo - Humor: Me Arde o Ôi (Sátira de "We Are the Children")

Recadinho divertido e bem bolado, da Dupla Vira e Mexe, para os que ainda não pararam de fumar (não deixa de ser também uma homenagem ao Michael Jackson):



(Repassado por Paulo Lacerda)

O Seu Direito: Publicada a lei da quitação anual

Foi publicada a Lei 12.007, que determina que as pessoas jurídicas prestadoras de serviços públicos ou privados sejam obrigadas a emitir e a encaminhar ao consumidor declaração de quitação anual de débitos (contas de luz, telefone, água, etc.).

No mês de maio de cada ano, as empresas terão de fornecer uma declaração de quitação dessas contas, relativas ao período de janeiro a dezembro do ano anterior. De posse desta declaração, você não precisará mais guardar os comprovantes mensais de pagamento.


A lei está disponível em



(Informação repassada por Antonio Santana)


Dica de site: Aliás, qualquer lei ou medida provisória pode ser obtida, já com todas as alterações que tenham sofrido, na página de legislação do Governo Federal: http://www.planalto.gov.br/legislacao/.

Vídeo - Tecnologia: Realidade Aumentada

Esta nova tecnologia já existe e faz com que imagens planas se transformem em tridimensionais. Por enquanto, a imagem tridimensional é visualizada na tela do computador, mas também já estão em desenvolvimento óculos que permitirão enxergar as imagens tridimensionais (realidade aumentada) juntamente com as imagens reais.

Sensacional!



Repassado por Rodrigo Loureiro.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

ATENÇÃO: Convocação para o Dia dos Pais da Acorja

O nosso grande presidente, líder e guru Lula Holanda convoca a todos os Acorjanos para participarem das atividades em comemoração ao Dia dos Pais:

Às 5h30: Corrida do Dia dos Pais da Acorja - Percurso: Jaqueira - Marco Zero - Jaqueira;

Às 6h30 (após a corrida): Café-da-manhã do Dia dos Pais da Acorja.

Os participantes devem levar um "pratinho" e um refrigerante (mas atenção: mestre Lula lembra que o prato deve chegar contendo algum saboroso acepipe, e não vazio. rsrsrs).

Infelizmente, não poderei participar das comemorações, pois estarei viajando no fim-de-semana: vou a Caruaru com a família ver o glorioso e aristocrático alvirrubro da Rosa e Silva destroçar o Santo André, e depois sigo para comemorar a vitória e o Dia dos Pais em Gravatá.

Saudações Hexacampeãs e Feliz Dia dos Pais para todos!

Dicas de sites: Zona Azul Virtual

Neste site, você tem acesso aos portais virtuais de Zona Azul (estacionamento público) das cidades do Recife, Guarulhos, Taubaté e São José dos Campos, além do sistema de aluguel de bicicletas do Rio de janeiro:

http://www.mobilicidade.com.br/

Repassado por Stenio Aretakis.

No site do Zona Azul do Recife, por enquanto você poderá comprar Cartões Virtuais para o uso apenas no Bairro do Recife Antigo. Os cartões podem ser ativados através do seu celular, após estacionar o seu veículo em uma das vagas da Zona Azul do Recife Antigo:

http://www.zae.com.br/zaerecife/home.asp

O serviço de aluguel de bicicletas também está em implantação na cidade do Recife. Para saber mais, veja em: Revista Algo Mais - Poder dar S.A.M.B.A.

Aliás, não deixem de sempre conferir a Revista Algo Mais, com matérias superinteressantes sobre a economia e a cultura pernambucanas:

http://www.revistaalgomais.com.br/

Vídeo: Aquarela do Brasil - Perpetuum Jazzile & BR6

Explêndida interpretação de "Aquarela do Brasil" pelo Perpetuum Jazzile, coral de Ljubljana, Eslovênia, com a participação de BR6, grupo vocal brasileiro.
Emocionante!



Repassado por João Bosco Delabianca.

Economia: Desigualdade social é a menor desde 2002, aponta Ipea

Da Agência Estado

SÃO PAULO - Embora os efeitos da crise financeira internacional tenham gerado retração da economia no quarto trimestre de 2008 e no primeiro trimestre de 2009, a desigualdade social no Brasil diminuiu ao longo do primeiro semestre deste ano e registrou a maior redução contínua , atingindo em junho 0,493 pontos no índice de Gini, o menor nível desde 2002, quando começou a ser apurado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).


O índice de Gini é uma medida de desigualdade desenvolvida pelo estatístico italiano Corrado Gini e publicada em 1912. É comumente utilizada para calcular a desigualdade de distribuição de renda, mas pode ser usada para qualquer distribuição. Ele consiste em um número entre 0 e 1, onde 0 corresponde à completa igualdade de renda (onde todos têm a mesma renda) e 1 corresponde à completa desigualdade (onde uma pessoa tem toda a renda, e as demais nada têm).


Veja na íntegra em:

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Diário: Fim-de-semana em Tabira (aniversário de Júlio e corrida)

Este fim-de-semana fomos com a turma da Acorja (Associação dos Corredores da Jaqueira) a Tabira para comemorar o aniversário de Júlio Cordeiro, filho da terra, e participar da 1a. Minimaratona Amigos da Natureza, como a corrida foi batizada pelo pessoal de lá.

Na verdade foi uma corrida de aproximadamente 14km idealizada por Júlio e Lula, líder da Acorja, como parte das comemorações do aniversário, mas que seu primo, Secretário da Juventude do município, promete entrar definitivamente para o calendário da cidade.

Ficamos em uma pousada muito agradável localizada no posto de gasolina, mas que tem mais de 40 quartos novos e bem mobiliados, a maioria com ar e cama de casal (pelo menos o que ficamos tinha). Só senti falta de um frigobar.

Saímos de Recife, em um ônibus fretado, por volta de 22h30 e chegamos lá por volta de 6h, pois paramos no caminho em Cruzeiro do Nordeste, no local em que foi filmada uma cena de "Central do Brasil".

O pessoal foi chegando, tomando café e saindo pra participar da corrida. Eu não participei porque estou sentindo um pouco a coxa direita. E Marinês acabou desistindo também, temendo o sol forte do sertão, uma vez que está fazendo um tratamento de pele e não pode tomar sol.

Acabamos sendo nomeados por Lula como cronometristas oficiais da prova e fomos de mototáxi para o local da chegada, no povoado de Borborema. O resultado da corrida está no “post” seguinte.

Depois da corrida fomos todos tomar café-da-manhã no sítio da mãe de Júlio. Mais tarde, por volta das 14h, almoçamos no Bar do Arroz, uma localidade bastante aprazível, na saída para Água Branca e para a divisa com a Paraíba, embaixo de uma enorme cajazeira, com comida deliciosa, especialmente o arroz que dá nome ao bar, que é feito no molho de frango, mas que o dono não dá a receita. Senti-me como se estivesse participando de um dos banquetes dos “irredutíveis gauleses” das estorinhas de Asterix.

À noite, ainda fartos do lauto almoço (e alguns que, desde a hora do almoço, não pareciam se fartar do “gatorade espumoso”), fomos à casa da mãe de Júlio, onde cantamos os parabéns e saboreamos o bolo especialíssimo preparado por Juliana (a “boleira” da Acorja), além de deliciosas sobremesas preparadas por Dona Dulce e família.

Dona Dulce leu a oração do atleta-corredor, que ela mesma escreveu, e Júlio leu o cordel “Tabira abraça a Acorja”, que havia sido escrito à tarde pelo poeta popular tabirense Dedé Monteiro, durante as bebemorações. Os dois textos estão nos posts seguintes ao resultado da corrida.

No dia seguinte, partimos às 9h30 (Não sem antes a turma fazer mais um “treininho” de 15 km) e chegamos ao Recife por volta das 18h, cansados da viagem, mas felizes pela acolhida recebida da família de Júlio e de todos os tabirenses com quem tivemos contato, além da animada camaradagem entre todos durante toda a viagem.

Infelizmente não tenho fotos, pois como já comentei, estou sem máquina fotográfica, mas depois roubo umas fotos do blog do Júlio e coloco aqui.

domingo, 2 de agosto de 2009

I Minimaratona de Tabira - Resultado da Corrida

Infelizmente não consegui editar o resultado da corrida com formatação de planilha aqui no blog. Estes editores de blog são muito limitados. Estou enviando o resultado também por e-mail.

Class Inscr. Nome Sexo Equipe Tempo Km/h Min/km Class. Sexo
1 437 João Doidinho Masc Tabira 0:55:02 15,26 3,93 1
2 429 Bombinha Masc Acorja 0:57:03 14,72 4,08 2
3 434 Adilson Masc Tabira 0:57:04 14,72 4,08 3
4 427 Murilo Bode Masc Acorja 1:00:19 13,93 4,31 4
5 432 Laelson Carteiro Masc Tabira 1:00:52 13,80 4,35 5
6 439 Luciano Masc Acorja 1:04:17 13,07 4,59 6
7 410 Paz Masc Acorja 1:05:18 12,86 4,66 7
8 426 Manoel Masc Acorja 1:06:15 12,68 4,73 8
9 403 Flávio Masc Acorja 1:06:17 12,67 4,73 9
10 411 Frade Masc Acorja 1:08:16 12,30 4,88 10
11 401 Júlio Masc Acorja 1:08:18 12,30 4,88 11
12 417 Pâmela Fem Acorja 1:08:55 12,19 4,92 1
13 407 Bartô Masc Acorja 1:09:58 12,01 5,00 12
14 430 James Masc Tabira 1:10:16 11,95 5,02 13
15 415 Augusto Masc Tabira 1:11:50 11,69 5,13 14
16 400 Lula Masc Acorja 1:12:05 11,65 5,15 15
17 412 Ricardo Masc Acorja 1:12:06 11,65 5,15 16
18 413 Juliana Fem Acorja 1:12:28 11,59 5,18 2
19 435 Amarildo Masc Tabira 1:12:52 11,53 5,20 17
20 421 Paulo Sobral Masc Acorja 1:14:52 11,22 5,35 18
21 414 Almir Masc Acorja 1:14:58 11,20 5,35 19
22 405 Enildo Masc Acorja 1:15:14 11,17 5,37 20
23 409 Junior Masc Tabira 1:17:24 10,85 5,53 21
24 416 Eliana Fem Acorja 1:20:16 10,47 5,73 3
25 440 José Orlando Masc Tabira 1:30:58 9,23 6,50 22
26 419 Helena Fem Acorja 1:31:48 9,15 6,56 4
27 441 Gilson Masc Tabira 1:31:49 9,15 6,56 23
28 423 Felipe Masc Acorja 1:32:50 9,05 6,63 24
29 420 Almira Fem Acorja 1:33:14 9,01 6,66 5
30 418 Enos Masc Acorja 1:35:30 8,80 6,82 25
31 422 Amanda Fem Acorja 1:35:31 8,79 6,82 6
32 406 Paulo Germano Masc Acorja 1:36:45 8,68 6,91 26
NC 438 Ricardo Mascena Masc Tabira Desistiu
424 Leonardo Masc Acorja Mirim Não reg.
425 Henrique Masc Acorja Mirim Não reg.

Cordel: Tabira abraça a Acorja

Autor: DEDÉ MONTEIRO

Ó TABIRA, rainha encantadora
Deste vale de gente sofredora,
Tu possuis uma força criadora
Do tamanho da força do teu chão.
Quem te vem visitar se sente em casa
Porque todos te cabem sob a asa,
Neste sol sertanejo que te abrasa
E que abrasa as pessoas do sertão.

Tabira recebe a ACORJA
Com grande camaradagem
E a Serra da Borborema
Pede, com força selvagem,
Que vocês guardem pra sempre
A cor da sua paisagem.

FLÁVIO, JÚLIO CORDEIRO
E o DR. PAULO também,
Que visita especial
Que vocês trazer-nos vêm!
Dizer obrigado é pouco,
Mas é o que a gente tem.

ACORJA sem “A” é CORJA...
Mas esta corja, no entanto,
Faz um trabalho bonito,
Saudável e limpo (eu garanto!),
Falando de ecologia
Por tudo quanto é de canto,
Tentando educar, aos poucos,
Um país que polui tanto.

Obrigado por trazer-nos
LULA, o presidente, a lenda!
55 anos de músculos
E resistência estupenda.
De levar um murro dele
Jesus do Céu me defenda.

PAULO PICANHA é fofinho,
Mas ninguém se engane não:
Tem pouco corredor magro
Que suporta o seu rojão.
Come que só a desgraça
Mas corre que só o cão.

O “carnavalesco” FRADE
Merece o nosso carinho:
Tanto freva quanto corre,
É comedor de caminho,
Com 58 anos
Ganha todas de Julinho.
ALMIR, “misera” da turma,
Que seja fraco eu duvido:
A Acorja não aceita
Miserável nem bandido.
Eis um pitaco primeira:
Se ele subiu a ladeira
Que tal mudar o apelido?

AUGUSTO BRITO, o mais magro
Corredor da capital,
A grande dor de cabeça
Do Dr. Flávio Sobral
É fazer Augusto Brito
Ganhar de peso um dedal.

MURILO, o BODE pé-duro,
Se orgulha de ser baixinho.
Um metro e meio de gente,
Mas tão faladorzinho
Que espalhou na região
Que iria dar um cambão
No corredor João Doidinho.

Das mulheres da patota
Não sei qual é a mais bonita:
A primeira é JULIANA,
A corredora gasguita,
Que fala feito um badalo
E todo mundo acredita.

PÂMELA, a musa das ladeiras,
Imprime um rojão pesado!
Pelo que sei da garota
Enfrentá-la é um pecado:
Sendo mulher, ela passa!
E os homens tomem cuidado!

Tem ELIANNA, a morena,
Maratonista de raça;
MARINÊS, a cearense,
Que de Deus recebe a Graça
De preservar a saúde
Metro a metro, braça a braça.

Parabéns a todo mundo
Que participou da festa!
Não subi porque não pude,
A planície é o que me resta.
Mas meu nome num troféu
Faz que eu me sinta no céu
Do coração de vocês!
E pra ficar tudo bem,
Em agosto, ano que vem,
Venham pra Serra outra vez!

E os PARABÉNS a JULINHO
Pela idade a que monta!
Já que ele não quer dizer,
Pois o numeral amedronta,
Peçamos a Dona Dulce
Pra revelar essa conta.

TABIRA, 01/08/2009

Oração do Atleta Corredor

Escrita Por Dona Dulce Lima, mãe de Júlio Cordeiro:

Senhor Jesus:

Aqui estamos, reunidos para uma nova largada, seguindo os teus ensinamentos quando disseste que sempre que dois ou três se reunissem em Teu Nome, Tu estarias no meio deles.

Assim, nós te pedimos, Jesus:

Aceita as nossas preces como uma grande corrida para ver o mundo com mais paixão, respeito e determinação.

Que as ladeiras sejam para nós motivos de superação; e as planícies possam ser um momento de reflexão sobre os limites que o corpo nos impõe.

Obrigado, Senhor, pela emoção dos primeiros quilômetros alcançados, ou pela alegria incontida da primeira Maratona.

Obrigado, Senhor, pelas amizades conquistadas, pela palavra certa na hora mais difícil do percurso, e muito obrigado, de coração, pelos que ansiosamente nos esperam na reta de chegada.

Que a dor, a fadiga e os sentimentos desencontrados se dispersem pelas curvas do caminho, levados pela brisa passageira ou pelo encantamento das paisagens.

Que a Tua benção, ó Senhor, seja o nosso único troféu, na certeza de que:

Se caminhar é rezar com as pernas, correr é voar com Deus do nosso lado.

AMÉM!