Recife (PE), Brasil

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Vídeo - Dança: A Morte do Cisne

Um jovem brasileiro humilde, praticante de street dance, emociona os jurados com uma interpretação revolucionária do número de balet "A Morte do Cisne".

Repassado por Stenio Aretakis.

Clique na imagem para ver o vídeo


quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Da roça ao mestrado

Publico trecho do depoimento abaixo, repassado por minha filha Luísa, relatando experiências que com certeza servem de exemplo a nossa juventude e, porque não dizer, a todos nós.

Da roça ao mestrado em agroecologia em Cuba

Artigo de Poliane Oliveira Dutra

Oportunidades surgem na vida da gente graças a muita luta do povo pobre organizado.” (Poliane)

Todas as fases da vida são muito importantes desde que nascemos até quando, pela morte, passamos para a vida plena. Acredito que a juventude é a fase mais linda e mais forte da vida. Faço esta afirmação sabendo que corro o risco de estar cometendo um erro, mas insisto em fazer, porque estou vivenciando esta fase da minha vida. Sou uma jovem e acredito que nesta fase é quando sonhamos mais, buscamos mais, temos mais esperança e coragem, sentimos uma vontade imensa de mudar o mundo e sabemos que, se nos dão essa oportunidade, somos capazes de mudá-lo. É verdade o que dizia Che Guevara “O alicerce fundamental da nossa luta é a juventude.” Se queremos fazer revolução em qualquer parte do mundo é necessário envolver a juventude.
Mas diante de uma conjuntura tão complexa que vivemos e pelo fato do nosso país ser capitalista, com tanta desigualdade, tanta injustiça e tantos problemas sociais, a pergunta que surge é: como anda a juventude brasileira? Muitos jovens no nosso Brasil diariamente enfrentam com realidades tão duras, tão difíceis que as expectativas de uma vida melhor, os sonhos, nem conseguem fecundar, criar e recriar em suas mentes e em seus corações. Se tudo é tão difícil, o jovem pode se perder. Somos milhões. O que fazer? Qual o projeto que existe para a juventude? Atualmente encontramos milhares de jovens alienados pelos meios de comunicação, pelas músicas sem fundamento e cultura, milhares se destruindo nas drogas e na prostituição, a grande maioria não consegue estudar. Fazer uma faculdade é impossível para a maioria. As limitações da vida para a juventude são tantas que os jovens acabam perdendo o direito de sonhar e o fato da maioria dos jovens não estarem envolvidos em grupos sociais organizados e comprometidos com a mudança da sociedade, não contribuem com o potencial revolucionário que existe dentro de cada jovem para a mudança do nosso país. A grande maioria limita-se na vida a lutar pela sobrevivência, que é uma luta árdua e pesada, e outros resumem suas vidas a mesquinharias.
Faço essa introdução porque acredito na juventude como instrumento de mudança da sociedade. Sei que não é fácil ser jovem e mulher em uma sociedade tão individualista e com um sistema tão perverso como o capitalismo. Acredito que a juventude precisa ser valorizada, convocada para o mutirão de construção de uma sociedade diferente, o Brasil que queremos. Se hoje sou uma jovem que sonho e tenho perspectivas para o meu futuro é graças à organização e a luta dos movimentos sociais do campo nos quais me engajei e faço minha militância.

Outro dia tive a alegria de ler um texto, um testemunho da jovem Gisele Antunes, que era menina de rua e hoje faz medicina em Cuba. Fiquei muito comovida com sua história. Ao ler, senti força, alegria e esperança. É vital acreditar na vida. Que bom conhecer uma jovem que, ao encontrar uma oportunidade de crescer como cidadã, agarrou a chance e está lutando. Animada por Gisele, resolvi contar um pouco da minha história, na esperança de socializar um pouco das proezas que os movimentos sociais populares vêm conquistando. Ao contar, revelarei também meu reconhecimento e eterna gratidão a todos que me apoiam na luta. Quem sabe servirá de luz e esperança para outras pessoas, outros jovens.
Para ler o depoimento na íntegra, clique no título ou aqui.

Receita aumenta fiscalização sobre despesas médicas

Matéria publicada no Correio Braziliense e repassada por João Bosco Dela Bianca:

Mudanças na declaração do IRPF devem complicar a vida do contribuinte
Correio Braziliense - 14/2/2011

Gabriel Caprioli
Publicação: 14/02/2011 08:24 Atualização: 14/02/2011 09:32

As novidades formuladas pela Receita Federal para a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2011 foram pensadas, como de costume, para facilitar o trabalho dos fiscais na apuração das informações prestadas. Como ocorre ano após ano, porém, as mudanças devem complicar a vida do contribuinte. Alguns cuidados precisam ser tomados para evitar erros e imprecisões que podem fazer o ajuste cair na malha fina e atrasar a restituição.

O Programa Gerador da Declaração (PGD), ponto de partida para a prestação de contas, estará disponível na internet em 1º de março (veja o quadro), mesma data em que a Receita abrirá os seus sistemas para receber os dados. A principal alteração, e a que deve causar mais problemas, é a instituição da Declaração de Serviços Médicos e de Saúde (Dmed).

Apesar de não ser direcionada para a pessoa física e sim para os profissionais da área de saúde, a nova obrigação pode confundir o declarante. Diferentemente dos anos anteriores, os dispêndios com tratamentos médicos deverão ser lançados separadamente, classificados por especialidades, e não em uma única rubrica. Além disso, será preciso preencher um campo próprio com a identificação do profissional de saúde.

A justificativa para a abertura é a diminuição das dúvidas em relação às declarações, que, até o ano passado, eram uma das principais causas de retenção na malha fina. "Não havia uma ferramenta para o Fisco checar essa informação. Ele tinha que chamar o contribuinte e pedir, por exemplo, os recibos. Às vezes, nem isso satisfazia. Sabemos de casos em que, mesmo apresentando os comprovantes, a pessoa foi questionada sobre a validade deles", ressalta Heloisa Motoki, da consultoria de contabilidade Confirp.

Para ela, entretanto, o que foi feito para reduzir a chance de fraude pode virar uma dor de cabeça. "Complica a vida do cidadão porque a maior parte das pessoas não cultiva o hábito de pegar recibos sempre. Com mais formas de cruzar as informações, qualquer errinho do contribuinte pode jogá-lo na malha fina", pondera.

Heloisa ressalta que a melhor forma dos declarantes evitarem problemas futuros é não se esquecer de guardar e organizar, antes do ajuste, os comprovantes de atendimento. "O ideal é sempre pedir as notas e não deixar para recolher tudo na última semana de prazo, porque, dependendo do caso, um comprovante do início do ano passado, por exemplo, não poderá ser recuperado", completa.

Adquirir novos costumes também pode livrar os contribuintes de surpresas após a entrega da declaração, segundo a consultora. "Antes da utilização dos meios eletrônicos, só era possível saber se a restituição havia ficado retida quando a Receita chamava, o que podia levar anos. Agora, é possível acompanhar o ajuste pelo sistema on-line e, se for o caso, resolver rapidamente pela internet qualquer problema", lembra.

Empresas terão problemas

A criação da Declaração de Serviços Médicos e de Saúde (Dmed) foi a forma encontrada pela Receita Federal para tentar fechar uma das brechas mais comuns para fraudes e irregularidades na prestação de contas por parte dos trabalhadores. Como a dedução de despesas médicas não tem limite previsto, parte dos contribuintes aproveitava para tentar inflar sua restituição. Apesar da justificativa, a medida criará, este ano, dificuldades também para as empresas, que ganharam uma nova obrigação burocrática.
O Fisco tentou minimizar os transtornos, anunciando a Dmed no início do ano passado, de forma com que as prestadoras de serviços pudessem se preparar para a entrega do documento. A declaração, no entanto, só deverá conter os atendimentos diretos aos clientes. As informações relativas aos planos de saúde oferecidos pelos empregadores a seus funcionários, por exemplo, serão enviadas à Receita Federal por meio da Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf), feita pelas empresas.

Confusão


Heloisa Motoki, da consultoria de contabilidade Confirp, explica que, nos casos em que o empregador paga parte do plano de saúde e o restante é descontado da folha de pagamento do contribuinte, essa informação deverá constar do comprovante de rendimento. Dessa forma, o contratado pode lançar o abatimento em sua declaração de IRPF. "A questão é que as empresas ficaram sabendo disso só no fim do ano passado, o que gerou uma certa confusão e bastante trabalho para resgatar documentos retroativos a janeiro. Em um caso que atendemos, o contratempo foi dobrado porque os donos do negócio trocaram de plano de saúde no meio do ano", exemplifica.

Os empregadores devem entregar o comprovante de rendimento até 28 de fevereiro e os prestadores de serviços de saúde têm até 31 de março para entregarem a Dmed. Heloisa recomenda aos contribuintes que separem os documentos e façam a declaração de IRPF longe do prazo final, de 29 de abril. "Sempre há o risco de faltar alguma nota ou comprovante e entregar a declaração incompleta ou incorreta é uma opção para não pagar a multa, mas não pode se tornar regra. Até porque algumas alterações, como mudar o ajuste do modo simplificado para o completo, não podem ser feitas depois do prazo", adverte. O encargo para o contribuinte que perder o prazo é de, no mínimo, R$ 165,74, com o máximo limitado a 20% do imposto total devido.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Paredões de som automotivo proibidos em Fortaleza

Divulgo matéria repassada pelo amigo Ricardo Morais.

Já tá na hora de criarem uma lei dessas aqui em Pernambuco proibindo esse "paredões" pelo menos nas praias de nosso litoral, pois na cidade a gente não vê muito isto por aqui.

Vereadores aprovam ''Lei do Paredão'' por unanimidade


Autor da Lei do Paredão (Foto: Genilson de Lima/ Câmara Municipal) 
Autor da Lei do Paredão (Foto: Genilson de Lima/ Câmara Municipal)
Atualizada às 13h50min

Os vereadores aprovaram, por unanimide, o projeto de lei que irá proibir o uso dos chamados paredões de som automotivo em espaços públicos e nos ambientes de uso coletivo na Capital.

Em conversa com O POVO Online, o vereador Guilherme Sampaio comemorou a aprovação do projeto e afirmou que ''foi fundamental a mobilização da sociedade''. O parlamentar reconheceu a importância da contribuição das redes sociais e órgãos de imprensa na divulgação da matéria.

''O fato de a matéria ter sido aprovada por consenso revela que a Câmara foi à exaustão no que diz respeito ao debate democrático'', declarou Guilherme ao O POVO Online. Ele disse ainda que, com a aprovação, os vereadores cumpriram seu papel na defesa da ''garantia da paz e do sossego público através da Lei do Paredão''.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Acrísio Sena (PT), disse, durante, em plenário, que a aprovação de leis como essa são importantes para fortalecer o trabalho das Comissões Técnicas.

Já o vereador Paulo Gomes sugeriu que a Comissão de Fiscalização faça um acompanhamento da aplicação da lei. ''Não adianta fazermos mais uma Lei e ela não sair do papel''.

Agora, para virar lei, o projeto precisa ser sancionado pela prefeita Luizianne Lins.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Prefeito de Manaus para moradora de área de risco: "Morra!"

A matéria e o vídeo abaixo, publicados no Blog do Noblat, reproduzindo matéria da Folha.com, é um bom exemplo do que os nossos políticos sentem em relação ao povo que o elegeu (ou não). Qualquer semelhança com o personagem Justo Veríssimo, de Chico Anísio ("Eu quero é que o povo se exploda!") não é mera coincidência.

Prefeito de Manaus fala para desempregada 'morrer' , Folha.com
Kátia Brasil
Em visita a uma área de risco de desabamento, o prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB), 71, mandou na manhã desta segunda-feira uma moradora "morrer" ao ser questionado por ela sobre a solução do problema de habitação.
No fim de semana, durante um temporal, três pessoas morreram após o desabamento de um barranco sobre casas na cidade.
De chapéu panamá e camiseta verde, Amazonino, cercado por moradores, falava sobre a necessidade de deixar o lugar. O vídeo foi gravado por um repórter de um site local e colocado no Youtube. [Há pouco foi desativado.]
"É preciso parar de construir casas em áreas de risco", disse o prefeito.
A moradora desempregada Laudenice Paiva, 37, rebateu. "Mas prefeito, se a gente mora aqui é porque não tem onde morar."
Irritado, ele afirmou: "Minha filha, então morra, morra, morra!"
O prefeito indagou de qual cidade a moradora vinha. Ela disse que era paraense. "Então tá explicado", reiterou Amazonino.
A assessoria de imprensa da Prefeitura de Manaus argumentou que o político foi provocado pela moradora. Segundo a prefeitura, ela não mora na localidade.
Após o episódio, Amazonino declarou que "compreende" a indignação da moradora. Mas falou que havia "gente instruída por grupos políticos para criar clima, criar problema, desviar a atenção da realidade".

Clique na imagem para ver o vídeo:

"Minha senhora, então morra! Morra! Morra!"

Saúde Não Tem Preço


 Amigos,

Meu blog tá cada vez mais chique. Acabei de receber um comentário do Mínistério da Saúde, pedindo-me para divulgar a campanha Saúde Não Tem Preço, por meio do qual o governo está distribuindo gratuitamente remédios para hipertensão e diabetes.

O legal é que eu já havia feito a divulgação do programa em 16/2 passado, quando publiquei a matéria Governo inicia distribuição gratuita de remédios contra hipertensão e diabetes.

O comentário do Ministério da Saúde e minha resposta foram publicados abaixo da matéria Menina brasileira cria logo para o Google e ganha concurso. Confiram.

Segue abaixo o banner da campanha:

Clique na foto para acessar o site da campanha

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Menina brasileira cria logo para o Google e ganha concurso

Do site Terra - Tecnologia:

15 de fevereiro de 2011 17h36 atualizado às 17h40
Doodle de Maria Luiza foi o grande vencedor, e pede desenvolvimento para o País. Foto: Divulgação Doodle de Maria Luiza foi o grande vencedor, e pede desenvolvimento para o País

O Google anunciou nesta terça-feira o Doodle vencedor do concurso Doodle 4 Google, que colocará o desenho de uma criança brasileira no lugar do logotipo da empresa na página inicial do buscador. Com o tema "O Brasil do Futuro", estudantes de 6 a 15 anos foram convidados a criar um novo logotipo para a empresa (conhecido como Doodle)

Uma comissão escolheu 36 desenhos entre os milhares enviados para que fossem a voto popular no site da empresa. Maria Luiza Carneiro de Faria, 9 anos, do Rio de Janeiro, foi a mais votada e se inspirou na Copa do Mundo e nas Olímpiadas para criar seu Doodle. "Eu espero sucesso nas Olimpíadas e na Copa também, espero muito desenvolvimento, muito progresso sem esquecer da natureza que no Brasil é tão linda e tão importante para todo o mundo", disse a menina.

Maria Luiza vai ganhar um laptop, uma bolsa de estudos de R$ 30 mil e ainda uma sala de computação em sua escola. Larissa Fernandes de Souza, 11 anos, de João Pessoa, e Rafael Okino dos Santos, 15 anos, de São Paulo, também foram finalistas do concurso.

Cerca de 100 mil árvores, uma para cada inscrição recebida, foram plantadas nos estados de São Paulo e Paraná, reflorestando cerca de 50 hectares de Mata Atlântica. O logotipo será exibido na página inicial do buscador nesta quarta-feira.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

McDonald’s é multado em R$ 13,2 milhões

Do Blog do Miro (Altamiro Borges), em 2.2.2011:

Por descumprir acordos trabalhistas, a poderosa rede de fast food McDonald’s será obrigada a destinar R$ 11,7 milhões, nos próximos nove anos, à promoção de campanhas publicitárias contra o trabalho infantil. A punição foi aplicada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e passou a valer a partir de janeiro. A multinacional estadunidense ainda deverá doar outro R$ 1,5 milhão à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) para a aquisição de equipamentos de reabilitação física.

A decisão representa um duro golpe na imagem do McDonald’s. Entre as irregularidades, o MPT listou a ausência da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) e da emissão de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), alimentação inadequada e a falta de vestiários. Em algumas franquias, o expediente ultrapassava o limite legal de duas horas extras diárias e os funcionários não tinham descanso semanal previsto em lei. O McDonald’s também é acusado de dificultar a sindicalização dos trabalhadores.

Abusos na multinacional são antigos

As primeiras denúncias por descumprimento de acordos coletivos foram feitas pelo Sinthoresp (Sindicato dos Trabalhadores em Serviços de Hospedagem, Gastronomia, Alimentação de São Paulo), em 1995. A batalha jurídica foi prolongada e dura, mas agora deu seus frutos. “Foi uma vitória. As empresas têm de cumprir as leis trabalhistas e, se não estiverem dispostas a respeitar os direitos dos trabalhadores, devem ser punidas”, disse o presidente da entidade, Francisco Calasans.

Numa reportagem de dezembro passado, a própria revista Época lembrou que os abusos trabalhistas na rede são antigos. “Em 2008, o MPT e o McDonald’s firmaram um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), estabelecendo prazos para a adequação das condições de trabalho dos empregados da rede. Recentemente, ao constatar que os itens do TAC não estavam sendo cumpridos, o MPT ameaçou aplicar multa milionária à rede. O acordo da campanha publicitária e da doação à USP serviu para evitar a multa. Ele não desobriga o McDonald’s a encontrar soluções para os problemas trabalhistas listados na Ação Civil Pública original”.

Dica de site: O Maior Museu Virtual do Mundo

Não sei se já repassei essa dica antes. Não a encontrei na pesquisa do blog.
Foi repassada pelo colega João Bosco Dela Bianca.

Para quem aprecia a arte autêntica, e por isso imortal.
Ao clicar sobre a obra de um autor surgem outras do mesmo artista.

Aprecie, divulgue e guarde para apreciar em outras ocasiões.


Mais de 5.000 artistas e 100 mil pinturas fazem
o maior museu online do mundo!

Clique na imagem ou no link abaixo para abrir o site.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Governo inicia distribuição gratuita de remédios contra hipertensão e diabetes

Repasso a matéria abaixo, de grande interesse para todos, publicada no site do Ministério da Saúde.

Para conferir a lista completa dos medicamentos com distribuição pelo Programa Farmácia Popular, clique em um dos links abaixo:




Mas atenção não são todos os medicamentos da lista que serão distribuidos gratuitamente. Apenas os medicamentos para hipertensão e diabetes. Os demais terão descontos de até 90%, como já ocorria no Programa.

'Saúde Não Tem Preço' inicia distribuição de remédios gratuitos contra hipertensão e diabetes

 Programa lançado pela presidenta Dilma e pelo ministro Padilha deve dobrar número de beneficiários do Aqui Tem Farmácia Popular

Fotos: Luís Oliveira/Ascom/MS
A rede de farmácias e drogarias conveniadas à rede Aqui Tem Farmácia Popular começa a oferecer, a partir desta quinta-feira (3), medicamentos gratuitos para o tratamento de hipertensão e diabetes. O anúncio foi realizado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Até o dia 14 deste mês, todos os 15.069 estabelecimentos credenciados já terão aderido plenamente ao programa, após concluírem a adaptação dos sistemas de vendas.

“Cuidar da saúde de uma sociedade está entre as obrigações intransferíveis de um Estado democrático, comprometido com a justiça social e o bem-estar das famílias”, disse a presidenta Dilma Rousseff, durante a solenidade de lançamento do programa.

A presidenta Dilma destacou que os medicamentos são o item de maior peso no bolso das famílias mais humildes: 12% da renda da população mais pobre são gastos com remédios, contra 1,7% no caso das faixas de maior poder aquisitivo. “Não podíamos admitir que este ônus de origem social colocasse em risco a vida de portadores pobres de disfunções para as quais a medicina já tem tratamento seguro e garantido”, enfatizou.

A oferta de medicamentos gratuitos na rede Aqui Tem Farmácia Popular foi normatizada por portaria do Ministério da Saúde e viabilizada por acordo com sete entidades da indústria e do comércio farmacêutico (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa – Interfarma; Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais – Alanac; Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos - Pró-Genéricos; Sindicato das Indústrias de Produtos Farmacêuticos do Estado de São Paulo – Sindusfarma; Associação Brasileira de Redes de Farmácia e Drogarias – Abrafarma; Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico – Abcfarma; Federação Brasileira das Redes Associativistas de Farmácias – Febrafar).

“Pelo acordo, o Ministério se compromete a ampliar a oferta de medicamentos pelo programa e o setor produtivo a reduzir sua margem de lucro sobre cada medicamento, para que o usuário o leve para a casa sem nenhum custo”, explicou o ministro Alexandre Padilha.

O impacto no orçamento do Aqui Tem Farmácia Popular será acompanhado e mensurado pelo ministério com base nas informações do sistema de gerenciamento do programa. A expectativa é que o acesso da população aos medicamentos oferecidos gratuitamente cresça substancialmente.

TRANSPARÊNCIA E CONTROLE – No lançamento do Saúde Não Tem Preço, o ministro Alexandre Padilha anunciou o fortalecimento dos mecanismos de controle e transparência da rede Aqui Tem Farmácia Popular: blindagem eletrônica das transações, que repele tentativas de violações à privacidade do cliente ou usuário dos serviços; implantação de um cupom vinculado, que conterá informações detalhadas sobre o comprador, o estabelecimento e o médico que prescreveu aquele medicamento; criação de um cadastro de vendedores, com controle do acesso de todos os atendentes das empresas credenciadas; e cruzamento com o Sistema de Óbito do Ministério da Previdência (SISOBI), excluindo indivíduos registrados como falecidos que estejam relacionados às vendas realizadas. “Estamos ampliando a atuação de fiscalização e auditoria do Denasus (Departamento Nacional de Auditoria do SUS)”, acrescentou o ministro Padilha.

ABRANGÊNCIA – O Aqui Tem Farmácia Popular atualmente beneficia cerca de 1,3 milhão de brasileiros por mês. Destes, aproximadamente 660 mil são hipertensos e 300 mil, diabéticos. O programa é desenvolvido pelo governo federal em parceria com a rede privada de farmácias e drogarias, que se credenciam espontaneamente ao firmarem convênio com o Ministério da Saúde.

Com exceção dos medicamentos para diabetes e hipertensão – que a partir de agora passam a ser gratuitos – o governo federal financia 90% do valor de referência dos medicamentos no Aqui Tem Farmácia Popular, cujo orçamento para 2011 é de R$ 470 milhões.

Pelo programa, a população tem acesso a 24 tipos de medicamentos para hipertensão, diabetes e mais cinco doenças (asma, rinite, mal de Parkinson, osteoporose e glaucoma), além de fraldas geriátricas. É necessário que o usuário apresente CPF, documento com foto e receita médica, exigida para evitar a automedicação.

O PROGRAMA – O Farmácia Popular foi criado em 2004, com unidades próprias/institucionais conhecidas como Farmácia Popular do Brasil, para oferecer à população mais uma forma de acesso a medicamentos, além dos cerca de 560 tipos oferecidos gratuitamente nas unidades públicas de saúde. Em 2006, a estratégia foi estendida à rede privada, recebendo a denominação “Aqui Tem Farmácia Popular”. Atualmente, essa modalidade do programa é desenvolvida em mais de 2,5 mil municípios.

AS DOENÇAS – No Brasil, a hipertensão arterial é diagnosticada em cerca de 33 milhões de brasileiros. Destes, 80% – ou aproximadamente 22,6 milhões de hipertensos – são atendidos na rede pública de saúde. Entre os 7,5 milhões de diabéticos diagnosticados no país, seis milhões (80% do total) recebem assistência no SUS.

O aumento da prevalência de hipertensão, diabetes e obesidade – também conhecidas como “epidemia do século” – é atribuído a padrões alimentares e de qualidade de vida, fortemente associados à má alimentação, falta de atividade física e ao estresse. O envelhecimento da população também contribui com o aumento da prevalência dessas doenças. Fatores genéticos devem ser considerados.

Por Renatha Melo, Barbara Semerene e Leonidas Albuquerque, da Agência Saúde - Ascom/MS

Confira, abaixo, os princípios ativos dos medicamentos contra hipertensão e diabetes que passarão a ser oferecidos gratuitamente nos estabelecimentos credenciados ao Aqui Tem Farmácia Popular.

A relação dos nomes (comerciais) dos medicamentos será informada nos pontos de venda.

As medidas anunciadas nesta quinta-feira (3) deverão ser implementadas pelos estabelecimentos até o próximo dia 14, período concedido para adaptação dos sistemas de vendas das farmácias e drogarias conveniadas. Mas, aquelas que se adequarem antes desse prazo já poderão oferecer gratuitamente medicamentos contra hipertensão e diabetes aos usuários do programa.
Hipertensão
Captopril 25 mg, comprimido
Maleato de enalapril 10 mg, comprimido
Cloridrato de propranolol 40 mg, comprimido
Atenolol 25 mg, comprimido
Hidroclorotiazida 25 mg, comprimido
Losartana Potássica 50 mg

 
Diabetes
Glibenclamida 5 mg, comprimido
Cloridrato de metformina 500 mg, comprimido
Cloridrato de metformina 850 mg, comprimido
Insulina Humana NPH 100 UI/ml – suspensão injetável, frasco-ampola 10 ml
Insulina Humana NPH 100 UI/ml – suspensão injetável, frasco-ampola 5 ml
Insulina Humana NPH 100 UI/ml – suspensão injetável, refil 3ml (carpule)
Insulina Humana NPH 100 UI/ml – suspensão injetável, refil 1,5ml (carpule)
Insulina Humana Regular 100 UI/ml, solução injetável, frasco-ampola 10 ml
Insulina Humana Regular 100 UI/ml, solução injetável, frasco-ampola 5 ml
Insulina Humana Regular 100UI/ml, solução injetável, refil 3ml (carpules)
Insulina Humana Regular 100UI/ml, solução injetável, refil 1,5ml (carpules)

Vídeo: O Recife de Ontem e de Hoje

Repasso vídeo encaminhado por Adriane Morais, com uma seleção de fotos antigas do Recife, extraídas da internet, seguidas de fotos atualizadas, nos mesmos ângulos e tomadas, clicadas pelo próprio organizador (exceto as fotografias aéreas).

Por meio de comparação, pode-se observar a evolução da ocupação urbana, bem como a depreciação de prédios importantes e monumentos históricos da cidade.

A belíssima trilha sonora, na voz pernambucaníssima de Alceu Valença, é composta do frevo Voltei Recife, de Luis Bandeira e o Hino de Pernambuco em ritmo de frevo.

Apreciem sem moderação.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Dica de Site: Jogos para treinar o Cérebro

A dica de site de hoje foi extraída da Revista Planeta deste mês. Trata-se do site Quebra-Cuca - Games for the Brain, que apesar do nome é brasileiro mesmo.

São 25 jogos para treinar o raciocínio e exercitar o cérebro, disponíveis em vários idiomas (português, inglês, espanho, japonês, etc.).

Clique na figura para abrir o site.

Como é lindo esse meu Recife

Em tempo de carnaval (sim, em Recife já é carnaval), vale divulgar a crônica abaixo, repassada pela amiga Raquel Melo, que foi escrita por um baiano que mora em Brasília e publicada no Correio Braziliense de 26 de janeiro passado e no site do Bloco Suvaco da Asa.
Exalta com muita sensibilidade as belezas e a riqueza cultural de nossa cidade.

Clique na imagem para ampliar e ler a crônica tal como publicada no CB
Brasília, BR – quarta-feira, 26 de janeiro de 2011
Sérgio Maggio
Como é lindo esse meu Recife
Eu nunca vou esquecer o dia em que saí feito um folião apaixonado pelas ruas do Sudoeste atrás de um carrinho que jogava para o céu de Brasília todos os frevos. Calma, não era um sonho tresloucado. Eu estava ali, tão incrédulo quanto os moradores nas sacadas do apartamento, tentando entender aquela quebra radical no cotidiano brasiliense.
- Gente, este é o Suvaco da Asa, que traz um pedacinho de Pernambuco para o Planalto Central, avisava alguém que, etilicamente, subia no carro do som.
O rosto de felicidade daquele povo se espelhava no meio. Aprendi até a letra de um frevo enorme, que falava que “eu era madeira que cupim não rói”, tentei esticar as pernas num frevo descompassado e tomei todas neste carnaval fora de tempo e de espaço. Levei pra casa ainda o amor daqueles pernambucanos apartados da terra-mãe. Uma gente que se veste com a bandeira e sabe de cor o hino do estado. Que orgulho eu, baiano de Salvador, tive daqueles pernambucanos.
Brasília me ajudou a amar e conhecer mais Pernambuco. Primeiro, porque o local onde eu fui trabalhar assim que cheguei à cidade, a redação do Correio Braziliense, mais parecia uma colônia de gente que cresceu comendo bolo de rolo e ouvindo histórias sobre uma “perna cabeluda” que assombrava o povo no Recife antigo. Foi engraçado porque eles gozavam muito dos baianos, daquela malemolência, do jeito Caymmi de ser e viver. E eu ria dessa falsa competição, porque Bahia e Pernambuco são estados irmãos, benzidos pela forte influência negra que fizeram desses lugares uma cultura única e singular.
Desde pequeno aprendi que o trio elétrico de Dodô & Osmar bebeu do frevo para surgir como uma invenção ímpar do carnaval do mundo. Descobri mais tarde que Gilberto Gil teve fortes referências estéticas da música pernambucana antes de lançar as bases revolucionárias da tropicália. As batidas percussivas de Naná Vasconcelos e de Carlinhos Brown dialogam como amantes apaixonados. E meu olhar baiano se deslumbra toda vez que fica diante de Recife e de suas ruas, que, como diz a minha amiga Catarina Accioly, têm aquele cheiro de mijo, tão familiar quanto Salvador.
Daqui eu entendo o banzo, aquela saudade que dói a alma, de quem deixou a terra adorada, onde a cultura é um patrimônio que emancipa e salva cidadãos do ócio. No domingo, no Recife antigo, enquanto via o desfiles dos maracatus, seus reis e sua corte atravessarem a minha alma, pensava onde estariam essas pessoas agora, se não fosse esse movimento vivo e pulsante que batia aos meus ouvidos como um batuque de vida? É bom nem pensar, porque o olhar de cada um era de orgulho em preservar no seu corpo uma história de séculos.
Recife já está se arrumando para o carnaval. Está linda como uma cidade-joia que é. Neste janeiro, em que a chuva tem sido carinhosa com a capital pernambucana, todos os teatros também estão em festa, no festival Janeiro de Grandes Espetáculos. Tem fila de gente se perdendo de vista nas sessões das 16h. São espectadores com cara de povo, que vibram com os espetáculos como se fosse uma partida de futebol. É emocionante ver como o teatro, da terra do grande dramaturgo Hermilo Borba Filho, é uma arte que dialoga a gente pernambucana.
E eu, que escrevo essa crônica diante do mar de Boa Viagem, aviso aos pernambucanos de Brasília: Como é lindo esse meu Recife!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Vídeo: Planeta Humano

Belíssimo vídeo produzido pela BBC, repassado por Stenio Aretakis (clique na imagem para abrir o vídeo e não esqueça de aumentar o som):

Marinês e Dean Karnazes

Atualizei hoje as fotos dos dois primeiros dias em Chicago. Confiram no Post:
Diário de Viagem - Chicago - Dias 1 e 2

Entre elas, destaca-se a foto de Marinês com Dean karnazes, tirada em 8.10.2010.

Esta foto foi tirada por ocasião da feira da Maratona de Chicago.

Para quem não conhece, Dean Karnazes é uma lenda no mundo das corridas por ter feito 50 maratonas em 50 dias, isso tendo começado a correr apenas ao 30 anos (no primeiro treino correu 48 km sem qualquer preparação ou acompanhamento).

Segue introdução da entrevista com o fenômeno (não é o Ronaldinho) publicada pela Revista Go Outside:

DEAN KARNAZES ENCHEU A CARA DE TEQUILA no seu aniversário de 30 anos, em agosto de 1992. Voltou pra casa trançando as pernas e infeliz com a vida que levava: engravatado num emprego chato, lutando para subir na vida, seguindo a boiada sem questionar o porquê. Nos fundos de casa, achou um velho par de tênis. Fazia muitos anos que ele não os usava para uma corrida - desde os tempos de colégio, quando participava de corridas de montanha e provas de atletismo. Vestiu os sapatos e tirou as roupas, deixando só as cuecas samba-canção e a camiseta. E saiu correndo para parar só 48 km depois. Ele se sentiu ridículo, mas também feliz como há tempos não acontecia. E percebeu que tinha dentro de si um potencial secreto, esperando para ser descoberto e explorado.

Desde então, Dean vem desafiando todos os limites imagináveis da resistência humana, sem nunca encontrar o seu próprio. Correu 560 km sem parar (levou mais de três dias). Venceu a Badwater, ultramaratona de 215 km que é considerada a prova a pé mais dura do mundo. Escreveu um livro, O Ultramaratonista, que se tornou best seller e que acaba de ser lançado no Brasil. Mais recentemente, encarou o Endurance 50, um desafio em que correu 50 maratonas em 50 dias consecutivos, uma em cada estado norte-americano. E agora está entre os indicados para a lista das cem pessoas mais importantes do mundo, elaborada anualmente pela revista Time. Como conseguiu tudo isso? É simples, como você perceberá nesta entrevista exclusiva: não há nada que Dean Karnazes ame mais do que correr pelas montanhas, centenas de quilômetros a fio

Para ler a entrevista na íntegra:

O Fenômeno - Revista Go Outside - Edição 25

Postos vendem menos combustível do que o pago pelo cliente


Clique na imagem para ver a reportagem
Você já deve ter ouvido alguém dizer que é preciso desconfiar daqueles postos que vendem gasolina muito barata. Confira uma denúncia exclusiva do Jornal da Band que mostra um esquema que lesa milhares de motoristas.

Nossos repórteres descobriram como donos de postos de gasolina vendem uma quantidade menor de combustível do que a paga pelo consumidor. Com a fraude, de cada dez tanques cheios comprados pelo motorista, um fica no posto.

Cinco postos de São Paulo foram escolhidos aleatoriamente pela reportagem, e todos apresentaram essa mesma fraude. 

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) foi procurada e informou que a partir desta terça-feira iniciará providências em relação aos fraudadores.

Fonte: Jornal da Band

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Diário: A primeira corrida do ano

Neste domingo, participei de minha primeira corrida, não só no ano, mas em mais de um ano. Explico: é que desde outubro/2009 não participava de uma corrida ou treino de longa distância.

Eu e Bilu
Minha última corrida havia sido a Corrida do Fogo 2009, com largada e chegada no Quartel dos Bombeiros de Pernambuco. Aliás, naquela corrida obtive um de meus melhores desempenhos, embora não tenha sido meu melhor tempo, pois pela primeira vez consegui correr os 10 km sem caminhar.
A partir daí, tive diversas complicações, como lesão no braço, pressão alta, pós-graduação que me deixava sem tempo para treinar, etc, etc.

Eu tô lá atrás, no meio, de chapéu-sombrinha (clique na foto para ampliar)
Finalmente este ano retomei pra valer os treinos e me reintegrei ao grupo Corpore Sano. É incrível como a gente sente resultado logo com algumas semanas de treino, com a excelente orientação de Deco e sua equipe.
Já na quarta-feira havia treinado ao todo 8 km, em intervalos de 1 a 1,5 km.

Marinês (de Gretchen alemã) e outras beldades da turma

Então encarei confiante a Corrida de Carnaval da Corpore Sano, pois sabia que, apesar de ter 11 km ao todo, a prova seria leve e agradável, com toda a animação das fantasias e a breve pausa no meio do percurso, no Marco Zero.


Já sem sombrinha (voava toda hora)
  


Bilu na Rua da Aurora

Como ainda estou me recondicionando, fiz pequenos trechos caminhando, para controlar a frequência cardíaca. Acabei concluindo a prova em 1h21min, com um ritmo médio de 7,36 min/km, bem acima do ritmo que atingia em 2009. 
Brinde na chegada, promovido por Luciano "César" (eu e Bilu espremidinhos ali atrás)
Mesmo assim fiquei muito feliz com meu desempenho e com o alto astral do evento, onde houve até concurso de fantasias. 
Os vencedores do concurso de fantasias
Além do mais, depois dos problemas que tive, estou procurando respeitar mais meus limites, visando mais resistência e segurança que velocidade. Acho que estou no caminho certo.

Mais uma vez, Deco e sua trupe estão de parabéns pela organização e zelo com seus pupilos.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Carnaval de Recife - Prévias carnavalescas


Recebi diversas mensagens com o calendário das prévias em Recife e Olinda. Assim, resolvi fazer uma compilação e divulgar pra vocês as principais atrações que ainda vão rolar até o Carnaval chegar.
Preparem suas fantasias e caiam na folia, com muita alegria e paz (uma dica: evitem as atrações que não combinem com o autêntico espírito participativo, criativo  e espontâneo do carnaval pernambucano, como bandas de axé, calypso e quetais).

10/2 - Quinta do Galo -
 Sede oficial do Galo da Madrugada.
A atração principal será “Ed Carlos e Orquestra” com as apresentações de: Maracatu Rural, Caboclinho Tapirapé, Maracatu Nação de Baque Virado Rosa Vermelha, Passistas de Frevo e Bloco Lírico Bloco da Saudade

11/2 - Segura a Seringa 
O 17º ano do bloco fundado por funcionários do Real Hospital Português terá prévia com o grupo baiano Araketu e o cantor pernambucano André Rio, principais atrações da noite. O grupo Sem Razão e a Orquestra Maximus também se apresentam no Clube Português, a partir das 21h. A camisa-ingresso custa R$ 15. 

11/2 - Baile do Imprensa Que Entra
A terceira edição do baile de carnaval Imprensa Que Entra, que reúne os profissionais de comunicação de Pernambuco (jornalistas, radialistas, publicitários ), traz para o bar Catamarã, no dia 11 de fevereiro, toda a trupe irreverente do Quanta Ladeira. Além dos músicos Lula Queiroga, Nena Queiroga, Zé da Flauta, Lucky Luciano, Wilson Farias e Aloísio Maluf, participam ainda da festa Almir Rouche e Patusco.

12/2 - Blocos "Casar ainda é Bom!" e "Já Tô Dentro!"

Os dois blocos sairão juntos, ao som da Orquestra do Maestro Lessa. A concentração será na Praça de Casa Forte, na Rua Jerônimo de Albuquerque, antes da academia “Curves”. As cores do bloco serão vermelho e branco.  Os organizadores são Cecília e Gustavo, do bloco “Casar ainda é bom!”,  e Edith e Ricardo, do bloco “Já tô dentro”. Vamos unir energias e alegrias e fazer uma manhã muito animada no bairro de Casa Forte. As camisas já estão à venda!  As primeiras 15 mulheres que chegarem na concentração ganharão um girassol, tema deste ano dos dois blocos.  http://www..melhoresdocarnaval.blogspot.com/

12/2 – Me Beija que Eu Sou Cineasta
O bloco carioca criado pelo pernambucano Lírio Ferreira, sai todas as Quartas de Cinzas no Rio de Janeiro,e aporta pela primeira vez em terras recifenses. A prévia acontece no dia 12 de fevereiro com o cantor Otto e os DJs Baiano e Catarina Dee Jah. O local ainda não está confirmado.

12/2 - Cansei de Ser Enganadé
Cansei de Ser Enganadé, irreverente festa de réveillon, virou bloco de Carnaval. A estreia acontece com prévia vespertina com shows de Faringes da Paixão, Papa de Luxo e a banda carioca Mulheres de Chico, que presta homenagem ao compositor Chico Buarque. O local do evento ainda não foi confirmado, mas será numa estrutura aberta em Boa Viagem.

17/2 - Quinta do Galo -
 Sede oficial do Galo da Madrugada.
A atração principal será o Maestro Forró e Orquestra Popular da Bomba do Hemetério” com as apresentações de: Maracatu Rural Leão Formoso, Caboclinho Tapuiá Canindé, Maracatu Nação de Baque Virado Estrela Dalva, Passistas de Frevo e Bloco Lírico O Bonde.

18/2 – Baile dos Artistas
A 33ª edição do Baile dos Artistas traz como tema ‘O Carnaval de todas as tribos’, exibindo no palco do Clube Português o Grupo É o Tchan. O clima de revival dos anos 90 fica por conta do resgate da formação extinta com Beto Jamaica e Cumpadre Washington. Entre os destaques, a cantora Gretchen é a rainha, o escritor Ariano Suassuna é o rei e o Festival de Cinema de Pernambuco – Cine PE será o homenageado. Orquestra de frevo, caboclos de lança e Almir Rouche também aninam o som da noite.

18/2 – Guaiamum Treloso
O Guaiamum Treloso, um dos blocos mais populares da Zona Norte do Recife, mais uma vez faz sua prévia num espaço aberto no Poço da Panela. O cantor Nando Reis e o pernambucano Otto, além da Orquestra Maestro Oséas e a banda Mamelungos, que lança o primeiro álbum, agitam a festa.

18/2 – Bloco Fura Olho
O Bloco Fura Olho, cheio de adeptos entre jovens, realiza sua prévia no bairro de Casa Forte, próximo ao supermercado Hiper Bompreço. A partir das 19h, o arrastão será comandado por Faringes da Paixão e Patusco. O baiano André Lellis faz show no encontro. O primeiro lote de ingressos está sendo vendido por R$ 30.

19/2 - Bloco Amantes de Glória
Você sai do Baile dos Artistas, dorme só um pouquinho e vai ver às 14h a saída do bloco “Amantes de Glória”, no Salesiano.

19/2 - Bandida Organizada
Tradicional festa prévia conduzido pelos Dirigentes Bibi e Marreco, e muita gréia proporcionada pelos irreverentes perseguidores. A festa ocorre tradicionalmente a partir das 13h e o local está pendente de confirmação, mas o valor da camisa já está definido R$ 60,00 com direito a petiscos e cerveja, refrigerante, agua, Batidas Pitú e Pitú Cola. Informações 9952-5758 Bibi ou 9233-5320 Marreco.

19/2 - Bal Masqué
O tradicional baile de máscaras chega aos 63 anos intitulado de “Novo Bal Masqué Paris", numa homenagem temática à cidade luz. A festa é realizada no Clube Internacional. Depois dos concursos de “Máscara Mais Bonita” e “Garota Bal Masqué”, os foliões se esbaldam ao som de Jammil, Margareth Menezes, Patusco e Orquestra Universal.

19/2 – Bloco de Bar em Bar
O Bloco de Bar em Bar dispõe folia no trajeto entre o Fiteiro e o Oitão, em Casa Amarela. Na concentração, às 10h, no bar Fiteiro, bonecos gigantes, troças, bandas de frevo e frevioca recebem os participantes.  Às 16h, D´Breck  acompanha o bloco o Bar Oitão. Às 17h, as bandas Só na Marosidade e Faringes da Paixão dão continuidade ao projeto que é encerrado com o axé de Santa Clara e do baiano Alexande Peixe. Os ingressos serão vendidos por R$ 40 nos bares participantes e darão acesso à área de show, no interior do Oitão.

20/2 - Virgens de Verdade - Abraça Brasil
Alceu Valença, André Rio, Almir Rouche, Margareth Menezes, Elba Ramalho, Banda Chicabana, Ninha (ex-Timbalada), Pixote, Molejo, Aviões do Forró, Garota Safada e Calypso, além de escolas de samba do Rio e São Paulo e dos bois Garantido e Caprichoso representam manifestações culturais de diversas regiões do País na prévia que pretende democratizar os ritmos carnavalescos pelas ruas de Olinda. O evento começa às 10h e segue com diversos trios elétricos até as 17h. Cerca de 800 mil pessoas devem passar pelo percurso de 3,5 quilômetros entre o Clube Atlântico Olinda, na Avenida Beira Mar, passando pelas Ruas Eduardo Moraes, José Augusto Moreira, Marcolino Botelho. A apoteose é na Rua Otaviano Pessoa Monteiro e a dispersão na Rua Eduardo de Moraes.

24/2 - Quinta do Galo -
 Sede oficial do Galo da Madrugada.
A atração principal será Gustavo Travassos e Orquestra do Galo da Madrugada com as apresentações de: Maracatu Rural, Caboclinho Tapirapé , Maracatu Nação de Baque Virado Rosa Vermelha, Passistas de Frevo e Bloco Lírico das Ilusões.

25/2 – Baile do Siri na Lata
‘E o Mundo Vai Se Acabar’, uma brincadeira com as profecias que declaram o apocalipse em 2012, é o tema do escrachado bloco Siri na Lata, que neste ano traz como musa Alexandra Aleixo, mais conhecida como a professora demitida depois de dançar de forma bem caliente e virar hit na internet. Maestro Spok, Almir Rouche, Claudionor Germano, Nena Queiroga e China encorpam o elenco do baile no Clube Português. Eduardo Dusek apresentar antigas marchinhas de Carnaval.

25/2 - Eu acho é pouco
Por enquanto só a batucada e a orquestra do bloco Eu acho é pouco estão confirmados no esperado Baile de Vermelho e Amarelo de 2011. Já se sabe que a festa será produzida no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda. Outras atrações devem ser confirmadas em breve.

25/2 - I Love Cafuçu
No mesmo dia, os foliões descolados devem se dividir ainda para prestigiar a farra do I Love Cafuçu, entre clássicos de brega, no Clube Internacional. A atração principal do Bloco I Love Cafuçú é o cantor Luiz Caldas (pai do axé-music), que volta ao Recife depois de 5 anos.

25/2 – Carvalheira fantasy
Um dos eventos de maior sucesso entre a juventude pernambucana, o Carvalheira Fantasy, tem data marcada para o dia 25 de fevereiro, na Cachaçaria Carvalheira. Até o momento, a única atração confirmada é a banda Santa Clara.

26/2 – Bloco Segura o Talo
Depois de descansar algumas horas do Baile do Siri, é hora de acordar pra curtir o Segura o Talo, que sai às 10h, da Av. 17 de Agosto.

26/2 – Bloco Os Barba
Às 11h é a vez de “Os Barba” (assim mesmo, sem “S”). A concentração é no bar de Seu Vital, tradicional reduto de boêmios, em frente à Igreja do Poço da Panela.

26/2 – Bloco Acorda pra Tomar Gagau
A concentração do evento será no Bar Nakumbuka, no bairro do Parnamirim, a partir das 12h, ao som do Dj 440. Às 15h, desfiles pelas ruas do bairro do Parnamirim e Jaqueira com a orquestra da Pitombeira dos 4 Cantos. Após o retorno ao Nakumbuka haverá os shows da Banda do Gagau, Mundo Livre S.A. e Faringes da Paixão. E tem uma novidade exclusiva: será oferecido chope GRATUITO até a saída do Bloco para o desfile. É só pegar sua mamadeira na chegada e ficar abastecendo de chope.

26/2 – Bloco Chocalho do Neno
O Bloco Chocalho do Neno completa dez anos com festa no dia 26. Este ano, a concentração acontece no terreno atrás do Bugaloo (antigo Maluco beleza), na Avenida Rui Barbosa.  O acesso à festa será através de camisa-convite e de compra de mesa. Entre as atrações: Maciel Salu, Maestro Forró e D´Breck. Informações: 3441.4141.

26/2 – Enquanto Isso na Sala da Justiça
Os super-heróis descontraídos do Enquanto Isso na Sala da Justiça vão ouvir inusitados covers de Ultraje a Rigor, Planet Hemp, Skank, Bob Marley, até Chico Science e Alceu Valença com a presença da banda Loucomotivos (projeto paralelo de Marcelo Falcão, vocalista da banda O Rappa). Dividem ainda o palco do Centro de Convenções o grupo carioca Monobloco, além dos pernambucanos da Academia da Berlinda e a Orquestra do Homem da Meia-Noite.

26/2 – Baile Municipal do Recife
A 47ª edição do Baile Municipal do Recife confirmou a presença da cantora Elba Ramalho entre as atrações da noite, que terá o maestro Spok como cicerone e comandante da orquestra de frevo. Mais uma vez o  Chevrolet Hall será a sede da festa.

27/2 – Bloco Tá Maluco
Dia 27 é dia de acordar cedo de novo, pois o bloco “Tá Maluco” sai pontualmente às 9h, em Olinda cidade baixa. Esse bloco é para maluco nenhum botar defeito. É muito bom subir as ladeiras de Olinda quase vazias, frevando sem preocupação. É realmente de enlouquecer! Depois é só recarregar as baterias com um banho de mar e um belo almoço na Macaxeira da Noca.

27/2 – Bloco Nem Sempre Lily Toca Flauta
Outra boa opção no dia 27 é a prévia do Lily. No estilo “concentra mas não sai”, a prévia acontece a partir das 12h no Mercado da Boa Vista, com muito frevo, cerveja gelada e os deliciosos petiscos do Mercado.


27/2 – Bloco Anjos das Graças
Fundada em 1986, a agremiação reúne moradores do bairro e adjacências, a maioria formada por artistas, políticos e intelectuais. Mas todas as categorias são bem-vindas, avisam os dirigentes do bloco, que querem ver o séquito "de arcanjos, policanjos, socialitanjos, anjos cantores e querubins", acrescido de novas criaturas celestiais. O Anjo das Graças tem sede provisória no Teatro Ribalta, Rua das Pernambucanas, 165.

27/2 – Olinda Beer
O 14º Olinda Beer promete agregar na área externa do Centro de Convenções artistas como  Aviões do Forró, Timbalada, ExaltaSamba, Chiclete com Banana, Claudia Leitte, Parangolé, Harmonia do Samba e Marreta You Planeta. A megaestrutura terá três palcos e dois trios elétricos para receber todas as atrações.  Na área vip, o Tapete Vermelho o baiano Netinho fará show. Ingressos: Pista: R$ 30. Área vip: R$ 70. Tapete Vermelho: R$ 130 (feminino) e R$ 160 (masculino).

29/2 – Bailinho Vermelho e Amarelo
Em 2011 a versão mirim do bloco Eu Acho é Pouco, o Eu Acho é Pouquinho, vai ganhar prévia. O Bailinho Vermelho e Amarelo será realizado no dia 29 de fevereiro, no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda, e terá atrações musicais e teatrinho para a criançada.

4 a 8/3 - Carnaval (Evoé! Pernambuco pega fogo em toda parte)